Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 4




Voltar ao sumário

 

Revisão

Micoses superficiais e os elementos da resposta imune

Superficial mycosis and the immune response elements


Paulo Ricardo Criado1, Cristiane Beatriz de Oliveira2, Kátia Cristina Dantas3, Filomena Amaro Takiguti4, Luciana Vasconcellos Benini5, Cidia Vasconcellos6

1Professor doutor; médico do Departamento de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e professor da pós-graduação do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo ? São Paulo (SP), Brasil.
2Mestranda no Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; médica dermatologista - São Paulo (SP), Brasil
3Mestre em fisiologia médica; farmacêutica do Laboratório de Micologia Médica do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo da Universidade de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.
4Graduanda do curso de medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.
5Graduanda do curso de farmácia e bioquímica das Faculdades Oswaldo Cruz de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.
6Professora doutora; professora do Programa de Pósgraduação em Ciências da Saúde do IAMSPE; professora da Universidade Cidade de São Paulo; professora do programa de pós-graduação do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 14.07.2010 Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 08.10.2010. * Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, no Laboratório de Micologia Médica do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo da USP, no IAMSPE, na UNICID e na Faculdades Oswaldo Cruz ? São Paulo (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: O presente trabalho foi desenvolvido com bolsas de iniciação científica vinculadas ao Programa de Pósgraduação em Ciências da Saúde do IAMSPE, das alunas Filomena Amaro Takiguti (CNPQ n. 122819/2008) e Luciana Vasconcellos Benini (CNPQ n. 129074/2009), sob a orientação da Profa. Dra. Cidia Vasconcellos. Como citar este artigo: Criado PR, Oliveira CB, Dantas KC, Takiguti FA, Benini LV, Vasconcellos C. Micoses superficiais e os elementos da resposta imune. An Bras Dermatol. 2011;86(4):726-31.

Correspondência:
Cidia Vasconcellos Rua Campevas, 639, Perdizes SP 05016 010 E-mail: cidiav@usp.br

 

Resumo

As micoses superficiais são prevalentes em todo o mundo, geralmente ocasionadas por dermatófitos e restritas à camada córnea. A resposta imunológica do hospedeiro às infecções dos fungos dermatófitos depende basicamente das defesas do hospedeiro a metabólitos do fungo, da virulência da cepa ou da espécie infectante e da localização anatômica da infecção. Serão revistos alguns dos fatores da defesa imunológica do hospedeiro que influenciam na eficácia da resposta imune. Em especial, a participação dos receptores de padrão de reconhecimento (PRRs), tais como os receptores toll-like ou os da família lectina (DC-SIGN e dectin-2), que participam da resposta imune inata, conferindo-lhe especificidade e definindo o padrão da resposta imune como um todo. O predomínio celular ou humoral da resposta imune definirá o quadro clínico e o prognóstico da infecção, levando à cura ou cronicidade.

Palavras-chave: ALERGIA E IMUNOLOGIA, FUNGOS, MEDIADORES DA INFLAMAÇÃO, TEGUMENTO COMUM

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações