Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

24

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

24

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 4




Voltar ao sumário

 

Imagens em Dermatologia

Lentigo maligno tratado com imiquimode tópico: o valor da dermatoscopia no monitoramento clínico

Lentigo maligna treated with topical imiquimod: dermatoscopy usefulness in clinical monitoring


Mariana Carvalho Costa1, Leonardo Spagnol Abraham2, Carlos Barcaui3

1Médica; pós-graduanda em dermatologia no Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro (IDPRDA/SCMRJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
2Mestrando em anatomia patológica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); preceptor do ambulatório de dermatoscopia e alopecias do Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro (IDPRDA/SCMRJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil
3Doutor em dermatologia pela Universidade de São Paulo (USP); professor associado e coordenador do ambulatório de dermatoscopia do Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro (IDPRDA/SCMRJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Recebido em 29.09.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 28.10.10. * Trabalho realizado no Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro (IDPRDA/SCMRJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil. Conflict of interest: None Financial funding: None Como citar este artigo: Costa MC, Abraham LS, Barcaui C. Lentigo maligno tratado com imiquimode tópico: o valor da dermatoscopia no monitoramento clínico. An Bras Dermatol. 2011;86(4):792-4.

Correspondência:
Mariana Carvalho Costa SHLS 716, Centro Clínico Sul Torre II, sala 18, Asa Sul 70.390-700, Brasília - DF Tel./Fax: 61 3346-8940 / 61 3346-1614

 

Resumo

A dermatoscopia tem seu uso consagrado na avaliação diagnóstica de lesões melanocíticas. Recentemente, entretanto, tem se revelado também como importante ferramenta no acompanhamento da resposta terapêutica em diversas dermatoses. Relatamos o caso de uma paciente idosa, com diagnóstico de lentigo maligno de difícil manejo cirúrgico, para a qual optamos pelo uso do imiquimode tópico. O acompanhamento dermatoscópico dessa alternativa terapêutica se mostrou de grande utilidade.

Palavras-chave: DERMOSCOPIA, MELANOMA, MONITORAMENTO, TERAPÊUTICA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações