Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 4




Voltar ao sumário

 

Imagens em Dermatologia Tropical

Rinosporidiose: manifestação cutânea

Rhinosporidiosis - Cutaneous manifestation


Andrelou Fralete Ayres Vallarelli1, Silvânia Pinheiro Rosa2, Elemir Macedo de Souza3

1Doutor em consultório privado – São Paulo (SP), Brasil.
2Médica dermatologista e especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; consultório privado – São Paulo (SP), Brasil.
3Professor-assistente e livre-docente da disciplina de dermatologia do departamento de clínica médica da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 14.03.2010. Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 31.08.2010 . * Trabalho realizado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – São Paulo (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Vallarelli AFA, Rosa SP, Souza EM. Rinosporidiose - manifestação cutânea. An Bras Dermatol. 2011;86(4):795-6.

Correspondência:
Andrelou Fralete Ayres Vallarelli Rua Dr. Antônio da Costa Carvalho, 577 – Ap. 91 – Cambuí 13024-050 Campinas - SP Telefones: (19) 3234-2404 E-mail: andrelou@uol.com.br

 

Resumo

A rinosporidiose é uma doença infecciosa zooantropofílica mucocutânea causada pelo Rhinosporidium seeberi. Caracteriza-se por massa polipoide, séssil ou pedunculada, eritematosa, moriforme e friável, principalmente, nas mucosas nasais e oculares. A ocorrência na pele é ocasional, por disseminação a partir da mucosa adjacente, inoculação direta ou generalização via hematogênica. Os autores apresentam o caso clínico de um menino de oito anos de idade, com lesão isolada localizada no epicanto medial do olho direito.

Palavras-chave: DOENÇAS PARASITÁRIAS, DOENÇAS TRANSMISSÍVEIS, RHINOSPORIDIUM, RINOSPORIDIOSE

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações