Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número S1




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Acne fulminans incapacitante


Tiago Pina Zanelato1, Gabriela Maria Abreu Gontijo2, Célia Antônia Xavier de Moares Alves3, Jacqueline Campoi Calvo Lopes Pinto4

1Médico (a) residente do serviço de Dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) – Jundiaí (SP), Brasil
2Médica dermatologista - Professora assistente do serviço de Dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) – Jundiaí (SP), Brasil.
3Médica dermatologista - Professora colaboradora do serviço de Dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) – Jundiaí (SP), Brasil
4Professor titular e chefe do serviço de Dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ). Professor livre docente da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 05.10.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 21.10.2010. * Trabalho realizado no Departamento de dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) – Jundiaí (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum

Correspondência:
Tiago Pina Zanelato Rua Francisco Telles 250 Vila Arens - Jundiaí - SP Cep: 13202-550 E-mail: tizanelato@hotmail.com

 

Resumo

Acne fulminans é uma manifestação rara, que pode ocorrer durante a evolução da acne vulgar, principalmente, em adolescentes masculinos. Uso de isotretinoína, testosterona, e reações imunológicas exacerbadas no organismo são desencadeantes relacionados. Sinais, sintomas e alterações laboratoriais como: febre, hepatomegalia, poliartralgia, leucocitose, plaquetose, aumento de provas inflamatórias e transaminases, são característicos. A cintilografia óssea pode detectar lesões líticas em vários sítios do esqueleto. O tratamento é realizado com prednisolona, isotretinoína e antibióticos se infecções secundárias. Este caso relata um paciente masculino com diagnóstico de acne grau III, que desenvolveu acne fulminans e sacroileíte bilateral, com incapacidade de deambulação após início de terapia com isotretinoína.

Palavras-chave: ARTRALGIA, ISOTRETINOÍNA, PREDNISONA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações