Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número S1




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Granuloma anular elastolítico gigantocelular: relato de caso


Rossana Ruth da Veiga Gonçalves1, Mario Fernando Ribeiro de Miranda2, Fernanda de Oliveira Viana3, Luíza Helena dos Santos Cavaleiro3, Diana Mendes da Fonseca3

1rofessora-adjunta do Serviço de Dermatologia da Universidade Federal do Pará (UFPA) - Professora da Residência Médica de Dermatologia da Universidade Federal do Pará (UFPA) e da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará (FSCMPA) – Belém (PA), Brasil.
2Especialista em Dermatopatologia pelo International Committee for Dermatopathology (ICDP) e pela Union Européenne des Médecins Spécialistes (UEMS) Professor-adjunto de Dermatologia da Universidade Federal do Pará (UFPA) – Responsável pelo Laboratório de Dermatopatologia do Serviço de Dermatologia da Universidade Federal do Pará (UFPA) – Belém (PA), Brasil.
3Médicas-residentes do Serviço de Dermatologia da Universidade Federal do Pará (UFPA) – Belém (PA), Brasil.

Recebido em 28.12.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 28.12.2010. * Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia da Universidade Federal do Pará (UFPA) – Belém (PA), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Veiga Gonçalves RR, Miranda MFR, Viana FO, Cavaleiro LHS, Fonseca DM. Granuloma anular elastolítico gigantocelular - Relato de caso. An Bras Dermatol. 2011;86(4 Supl 1):S69-71.

Correspondência:
Fernanda de Oliveira Viana Rua Tibúrcio Cavalcante, 2777 - Apartamento 702 Dionísio Torres 60125-101 Fortaleza CE Brasil E-mail: nandinhaviana@hotmail.com

 

Resumo

O granuloma anular elastolítico gigantocelular é dermatose granulomatosa rara, caracterizada, histologicamente, por fagocitose das fibras elásticas por células gigantes multinucleadas e, clinicamente, por placas anulares com bordas elevadas e centro atrófico, com preferência por áreas expostas. A patogênese é controversa. Descreve-se um caso de mulher de 44 anos, com achados clínicos e histológicos clássicos, que apresentou boa resposta à hidroxicloroquina, após o período de 1 mês.

Palavras-chave: GRANULOMA, GRANULOMA ANULAR, HISTOLOGIA, TECIDO ELÁSTICO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações