Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

8

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

8

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 5




Voltar ao sumário

 

Investigação

Perfil dos pacientes acometidos pela hanseníase atendidos no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Evangélico de Curitiba

Profile of patients affected by Hansen''''s disease seen at the Outpatient Clinic of Dermatology at Hospital Evangélico de Curitiba


Anelise Roskamp Budel 1, Anelise Rocha Raymundo2, Carla Fabiane da Costa2, Cristina Gerhardt3, Lucas Eduardo Pedri3

1Médica do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba – Faculdade Evangélica do Paraná (HUEC - FEPAR) – Professora-titular da disciplina de Dermatologia da Faculdade Evangélica do Paraná (FEPAR) – Curitiba (PR), Brasil.
2Acadêmico (a) do curso de Medicina da Faculdade Evangélica do Paraná (FEPAR) – Curitiba (PR), Brasil
3Acadêmico (a) do curso de Medicina da Faculdade Evangélica do Paraná (FEPAR) – Curitiba (PR), Brasil.

Recebido em 14.09.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 14.10.10. * Trabalho realizado no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba - Faculdade Evangélica do Paraná (HUEC - FEPAR) – Curitiba (PR), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Budel AR, Raymundo AR, Costa CF, Gerhardt C, Pedri LE. Perfil dos pacientes acometidos pela hanseníase atendidos no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Evangélico de Curitiba. An Bras Dermatol. 2011;86(5):942-6.

Correspondência:
Anelise Roskamp Budel Rua Cândido Hartmann, 528, 1º andar. Conj 11 e 12. CEP: 80730-440, Curitiba-PR E-mail: aneliserr@gmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS: A hanseníase é uma enfermidade infecto-contagiosa, com distribuição mundial. Apesar de curável, permanece como um problema de saúde pública, sendo o Brasil o segundo país mais endêmico do mundo. As lesões cutâneas e o acometimento neural, que levam às principais incapacidades físicas, pioram a autoestima dos doentes, levam a uma queda da qualidade de vida e interferem na vida dos mesmos.
OBJETIVO: Traçar um perfil dos pacientes acometidos pela hanseníase, atendidos no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Evangélico de Curitiba, e caracterizar os níveis de qualidade de vida da amostra na semana prévia à pesquisa, por meio do questionário Dermatology Life Quality Index.
MÉTODO: Aplicação do Dermatology Life Quality Index em 22 pacientes diagnosticados com hanseníase no período de maio a outubro de 2009.
RESULTADOS: Em meio aos 22 pacientes que participaram do estudo, encontraram-se 55% do sexo masculino e 45% do sexo feminino, com idade média de 50,2 anos. Os escores obtidos na aplicação do Dermatology Life Quality Index variaram de 1 a 25 pontos, sendo a média 10,23. A maioria dos pacientes (50%) apresentou escore na dimensão do grave ou muito grave; 31,8% dos pacientes, do leve ao moderado, e 18,2% dos pacientes informaram que não houve comprometimento da qualidade de vida.
CONCLUSÃO: O perfil de pacientes acometidos pela hanseníase encontrado neste estudo foram homens, com idade média de 50 anos e com forma multibacilar. A aplicação do Dermatology Life Quality Index permitiu verificar que o escore de comprometimento de qualidade de vida grave ou muito grave foi predominante na amostra, tendo mais impacto nas mulheres e não apresentando diferença em relação à hanseníase pauci ou multibacilar.

Palavras-chave: DERMATOLOGIA, HANSENÍASE, QUALIDADE DE VIDA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações