Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 87 Número 1




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Condiloma acuminado gigante de Buschke-Lowenstein: identificação dos HPV 6 e 11*

Buschke -Loewenstein tumor: identification of HPV type 6 and 11


Valéria Maria de Souza Framil1, Sidney Roberto Nadal2, Monica Stiepcich3, Juliana Casagrande Tavoloni Braga4, Helena Muller5

1Doutorado - Professora Assistente da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP); Médica Segundo Assistente da Clínica de Dermatologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo – São Paulo (SP), Brasil.
2Doutorado - Coloproctologista Hospital Emílio Ribas - Pesquisador do Instituto Nacional de Ciências E Tecnologia das Doenças do Papilomavírus Humano (INCT-HPV) Professor Doutor do Departamento de Coloproctologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo – São Paulo (SP), Brasil.
3Doutorado - Médica do Centro Medicina Diagnóstica Fleury – São Paulo (SP), Brasil.
4Residente de Dermatologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo – São Paulo (SP), Brasil.
5Doutorado - Médica Patologista do Departamento de Patologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo – São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 31.03.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 13.09.2010. * Trabalho realizado na Clínica de Dermatologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo – São Paulo (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Framil VMS, Nadal SR, Stiepcich M, Braga JCT, Muller H. Condiloma acuminado gigante de Buschke-Lowenstein: identificação dos HPV 6 e 11. An Bras Dermatol. 2012;87(1):131-4.

Correspondência:
Valéria Maria de Souza Framil Rua Martinico Prado, 392. Apto 51 Vila Buarque. São Paulo - SP CEP:01224-010 E-mail: souza.valeria@terra.com.br

 

Resumo

Os autores relatam um caso exuberante de condiloma acuminado gigante de Buschke-Lowenstein, em paciente do sexo masculino, de crescimento lento e progressivo e de comportamento destrutivo das regiões inguinal, corpo do pênis, escroto, perineal e perianal. Após tratamento cirúrgico, não apresentou sinais de recidiva em 20 meses de seguimento. A identificação dos HPVs, tipos 6 e 11, foi realizada através da técnica de hibridização in situ.

Palavras-chave: HIBRIDIZAÇÃO IN SITU, PAPILOMAVÍRUS HUMANO 6, PAPILOMAVÍRUS HUMANO 11

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações