Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 87 Número 1




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Cura espontânea em um caso de Tinea nigra*

Spontaneous cure in a case of Tinea nigra


André Luiz Rossetto1, Rosana Cé Bella Cruz2

1Professor de Dermatologia da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) – Itajaí (SC), Brasil.
2Mestra farmacêutica-bioquímica da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) - Itajaí (SC), Brasil.

Recebido em 25.03.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 17.04.2011. * Trabalho realizado no Ambulatório de Dermatologia da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) - Itajaí (SC), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Rossetto AL, Cruz RCB. Cura espontânea em um caso de Tinea nigra. An Bras Dermatol. 2012;87(1):160-2.

Correspondência:
Dr. André Luiz Rossetto Av. Alvin Bauer, 655 - Sala 203 Centro Médico Vida 88330 643 Balneário Camboriú, SC Tel.:/Fax 47 3367 3407 E-mail: rossettovida@terra.com.br

 

Resumo

Os autores relatam um caso de Tinea nigra, observada em uma criança de 4 anos, do sexo feminino, que evoluiu para cura espontânea, ocorrido em Itajaí, Estado de Santa Catarina, Brasil. Discutem-se os aspectos clínicos e epidemiológicos da micose e a rara observação de cura espontânea.

Palavras-chave: DERMATOMICOSES, EPIDEMIOLOGIA, MICOSES

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações