Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 87 Número 2




Voltar ao sumário

 

Investigação

Reparo de feridas cutâneas usando cola cirúrgica de baixo custo

Repair of cutaneous wounds with the use of low cost surgical glue *


Sandro Cilindro de Souza1, Carlos Briglia2, Sérgio Ricardo Matos Rodrigues da Costa3

1Cirurgião plástico da Clínica das Faculdades Adventistas da Bahia (Fadba) – Cachoeira (BA), Brasil.
2Cirurgião plástico do Hospital Geral de Camaçari – Camaçari (BA), Brasil.
3Doutor em Medicina pela Universidade Federal da Bahia (Ufba); professor adjunto de Biofísica da Universidade Federal da Bahia (Ufba) – Salvador (BA), Brasil.

Recebido em 01.12.2010 Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 25.04.2011 * Trabalho realizado no Hospital Geral de Camaçari – Camaçari (BA), Brasil. Conflito de interesses: nenhum Suporte financeiro: nenhum Como citar este artigo: Souza SC, Briglia C, Costa SRMR. Reparo de feridas cutâneas usando cola cirúrgica de baixo custo. An Bras Dermatol. 2012;87(2):247-55.

Correspondência:
Sandro Cilindro de Souza BR 101, Km 197, Caixa Postal 18 44300-000 Cachoeira, BA Tel: (71) 9977-7303 E-mail: sandrocilin@hotmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS: As vantagens dos cianoacrilatos em síntese cutânea têm sido sobejamente mostradas na literatura. Entretanto, estes produtos têm sido subutilizados no Brazil devido aos elevados custos do 2-octilcianoacrilato. Ademais, a forma mais economicamente acessível, o 2-etilcianoacrilato, tem sido pouco estudada como adesivo cutâneo. OBJETIVO: Avaliação da eficácia do fechamento de lesões cutâneas usando o 2-etilcianoacrilato. MÉTODO: Estudo prospectivo no qual 46 feridas foram ocluídas usando o 2-etilcianoacrilato de baixo custo como alternativa a sutura intradérmica. RESULTADOS: Feridas excisionais (97,8%) e traumática (2,2%) foram tratadas com 2-etilcianoacrilato e suturas profundas relaxadoras como método de síntese. Cicatrizes inestéticas (22%), infecção (2,1%), deiscência (2,1%) e dermatite alérgica de contato (2,1%) foram os problemas encontrados. Não houve casos de necrose ou quelóides. Os resultados foram considerados satisfatórios na grande maioria dos casos (97,3%). CONCLUSÕES: O uso do ECA mostrou-se seguro e com resultados cosméticos satisfatórios neste grupo de pacientes.

Palavras-chave: ADESIVOS TECIDUAIS, CIANOACRILATOS, TÉCNICAS DE SUTURA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações