Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 87 Número 3




Voltar ao sumário

 

Investigação

Avaliação da qualidade de vida em pacientes pediátricos com as principais dermatoses crônicas da infância

Assessment of the quality of life of pediatric patients with the major chronic childhood skin diseases *


Ana Paula Dornelles da Silva Manzoni1, Rita Langie Pereira2, Roberta Zaffari Townsend2, Magda Blessmann Weber3, Aline Rodrigues da Silva Nagatomi2, Tania Ferreira Cestari4

Recebido em 06.03.2011. Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 28.06.2011. * Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (HCPA-UFRGS) - Serviço de Dermatologia da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) - Disciplina de Dermatologia da Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) – Porto Alegre (RS), Brasil. Conflito Interesses: Nenhum. Suporte Financeiro: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). Como citar este artigo: Manzoni APDS, Townsend RZ, Weber MB, Nagatomi ARS, Pereira RL, Cestari TF. Avaliação da qualidade de vida em pacientes pediátricos com as principais dermatoses crônicas da infância. An Bras Dermatol. 2012;87(3):367-74.

Correspondência:
Ana Paula Dornelles da Silva Manzoni Av. Carlos Gomes, 1998 conjunto 405 Bairro Três figueiras 90480-002 Porto Alegre, RS, Brazil E-mail: anamanzoni@terra.com.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: A pele é a principal interface do ser humano com o meio externo e a presença de doenças cutâneas pode levar a repercussões importantes na qualidade de vida.
OBJETIVOS: O presente estudo tem como objetivo fazer uma avaliação comparativa entre a qualidade de vida dos pacientes pediátricos com dermatite atópica, vitiligo e psoríase e correlacioná-la à superfície corporal total e às áreas expostas à visualização acometidas pela doença.
MÉTODOS: Amostra composta por 118 pacientes com dermatite atópica, vitiligo e psoríase na faixa etária entre 5 a 16 anos para a aplicação do questionário Índice de Qualidade de Vida para Dermatologia em Crianças (CDLQI). Realizado exame dermatológico para a aferição da superfície corporal total acometida pela doença.
RESULTADOS: Os três grupos de pacientes pediátricos demonstraram ter redução na qualidade de vida. Os pacientes com dermatite atópica e psoríase apresentaram um impacto na QoL significativamente maior que o grupo com vitiligo. Há uma tendência na redução da qualidade de vida dos pacientes dos três grupos de dermatoses relacionado ao aumento tanto da superfície total quanto da superfície exposta à visualização (r=0,428 e p<0,001; r=0,381 e p<0,001, respectivamente).
CONCLUSÃO: As crianças avaliadas com dermatite atópica, psoríase e vitiligo apresentaram redução na qualidade de vida. Porém, há um impacto significativamente maior nos grupos de pacientes com dermatite atópica e psoríase em relação ao grupo com vitiligo. Este fato pode dever-se a ausência de sintomas no vitiligo e ao grupo ter apresentado uma superfície corporal comprometida estatisticamente menor que outros dois grupos.

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações