Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 1




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Alopurinol no tratamento de colagenose reativa perfurante adquirida

Allopurinol in the treatment of acquired reactive perforating collagenosis*


Hemma Tilz1, Jürgen Christian Becker2, Franz Legat2, Antonio Pedro Mendes Schettini3, Martin Inzinger4, Cesare Massone5

Correspondência:
Cesare Massone Department of Dermatology, Medical University of Graz Auenbruggerplatz 8, A-8036 Graz, Austria. E-mail: cesare.massone@gmail.com

 

Resumo

A colagenose reativa perfurante adquirida pertence ao grupo das dermatoses perfurantes e frequentemente está associada com diferentes doenças sistêmicas, principalmente diabetes mellitus e/ou insuficiência renal crônica. Diferentes terapêuticas têm sido utilizadas, mas o tratamento ainda é um desafio, pois não existe tratamento padronizado. Nos últimos anos, alopurinol tem sido relatado como uma boa opção terapêutica para colagenose reativa perfurante adquirida. elatamos o caso de um paciente masculino, com 73 anos de idade, portador de colagenose reativa perfurante adquirida em associação com diabetes tipo 1 e falência renal crônica com hiperparatireoidismo secundário. O paciente foi eficazmente tratado com alopurinol na dose 100mg/dia, via oral.

Palavras-chave: ALOPURINOL, DIABETES MELLITUS, PRURIGO, INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA, FALÊNCIA RENAL CRÔNICA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações