Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

24

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

24

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 1




Voltar ao sumário

 

Investigação

Prevalência de pápulas climáticas das orelhas nos pacientes atendidos no hospital do servidor público estadual de São Paulo, Brasil

Prevalence of weathering nodules of the ear in patients treated at the state civil servant''''s hospital of São Paulo, Brazil*


Neusa Yuriko Sakai Valente1

1Doutora pelo Departamento de Dermatologia da Universidade de São Paulo (USP) – Médica-encarregada do Setor de Dermatopatologia e Preceptora do Serviço de Dermatologia do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) – São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 25.10.2011 Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 11.04.2012. * Trabalho realizado no Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) – São Paulo (SP), Brasil. Suporte Financeiro: Nenhum /Financial Support: None Conflict of Interests: None / Conflito Interesses: Nenhum Como citar este artigo/How to cite this article: Cilento JNM, Valente NYS. Prevalência de pápulas climáticas das orelhas nos pacientes atendidos no Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo, Brasil. An Bras Dermatol. 2013;88(1):71-77.

Correspondência:
Juliana Nunes Maciel Cilento Manaíra, Maria Eunice Fernandes, 130 58038 480 João Pessoa PB Brazil E-mail: junmaciel@yahoo.com.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: Pápulas climáticas das orelhas são lesões assintomáticas de coloração amarelo-pálida que predominam na hélice das orelhas. Sua patogênese permanece desconhecida, no entanto é descrita a associação com exposição crônica à radiação ultravioleta, idade e injúrias térmicas. Poucos estudos foram realizados até o momento e os mesmos envolveram número muito reduzido de pacientes. OBJETIVO: Estudar a prevalência de pápulas climáticas das orelhas nos doentes atendidos no Serviço de Dermatologia no Hospital Servidor Estadual de São Paulo e avaliar a provável relação com exposição solar, idade e tipo de pele. MÉTODOS: Foram examinados 400 pacientes com idade superior a vinte anos no período compreendido entre os meses de julho de 2008 a dezembro de 2008. Foi aplicado questionário que avaliou idade, sexo, naturalidade, procedência, profissão e história de exposição solar Todos os sujeitos da pesquisa foram examinados por um único observador e avaliados quanto à presença de lesão. RESULTADOS: Os dados revelaram que 155 (38,8%) pacientes apresentavam lesão em pelo menos uma das orelhas. Foi utilizado o teste do Qui-Quadrado para análise comparativa entre o grupo de pacientes com e sem lesão. No grupo de pacientes com lesão 29% tinham idade entre 70 e 79 anos, 78,1% tinham história de exposição solar e 45,1% pertenciam ao fototipo I e II da classificação de FITZPATRICK (p<0,05%). CONCLUSÃO: Os achados sugerem prevalência relevante, provável associação com exposição solar crônica, idade avançada e com o fototipo I e II.

Palavras-chave: CARTILAGEM DA ORELHA, ENVELHECIMENTO DA PELE, METAPLASIA, ORELHA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações