Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 3




Voltar ao sumário

 

Investigação

Estudo das dermatoses e sua prevalência em indivíduos comprovadamente alcoolistas comparativamente a um grupo de indivíduos não alcoolistas*

Research on dermatoses and their prevalence in groups of confirmed alcoholic individuals in comparison to a non-alcoholic group of individuals


Maria Cecilia Teixeira de Carvalho Bruno1, Maria Aparecida Constantino Vilela2, Carlos Alberto B. Mendes de Oliveira3

1Mestre em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) - Professora da disciplina de Micologia Clínica para o curso de Farmácia da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) – Mato Grosso (MT), Brasil.
2Assistente-doutora da Divisão de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil.
3Residente em Dermatologia no Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba – Curitiba (PR), Brasil.

Recebido em 23.04.12. Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 14.08.2012. * Trabalho realizado no Hospital Espírita de Marília – Marília (SP), Brasil. Conflito Interesses: Nenhum Suporte Financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Bruno MCTC, Vilela MAC, Oliveira CABM. Estudo das dermatoses e sua prevalência em indivíduos comprovadamente alcoolistas comparados a um grupo de indivíduos não alcoolistas. An Bras Dermatol. 2013;88(3):373-80.

Correspondência:
Maria Cecilia Teixeira de Carvalho Bruno AV. Jacarandás, 3585 - Apto., 903 78550248 Sinop - MT | Brasil E-mail: mceciliabruno@uol.com.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: A relação direta entre o alcoolismo e as dermatoses vem sendo avaliada em recentes pesquisas. No entanto são poucos os estudos objetivos que demonstram e comprovam uma relação direta entre o álcool e uma determinada dermatose. OBJETIVOS: Verificar a prevalência de dermatoses em alcoolistas, avaliar as alterações dermatológicas encontradas nesses doentes e sua evolução frente à abstinência alcoólica. Comparar os resultados obtidos com um grupo controle não alcoolista e com os resultados encontrados na literatura mundial. MÉTODO: Foram estudados, durante 4 anos, sob o ponto de vista dermatológico, 278 doentes alcoolistas (250 homens, 28 mulheres) comparativamente a 271 indivíduos (249 homens, 22 mulheres) não alcoolistas integrantes da Policia Militar, que constituíram o grupo controle, ambos com idades entre 20 e 60 anos. RESULTADOS: As dermatoses pelagra, eczema numular, púrpura pigmentosa crônica e psoríase foram mais frequentes no grupo dos alcoolistas e aparentemente surgiram paralelamente ao alcoolismo, que parece interferir na evolução destas dermatoses. As dermatopatias foram mais frequentes antes dos quarenta anos, não sendo significativos os fatores profissão, cor e sexo. CONCLUSÃO: a associação das dermatoses com alcoolismo foi altamente significativa, como indicaram os dados estatísticos. O alcoolismo pode ser considerado fator de risco para as dermatoses pelagra, psoríase, eczema numular e púrpura pigmentar crônica, podendo estas serem consideradas indicadoras de alcoolismo

Palavras-chave: ADMINISTRAÇÃO CUTÂNEA, ALCOOLISMO, MANIFESTAÇÕES CUTÂNEAS, SÍNDROME DE ABSTINÊNCIA A SUBSTÂNCIAS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações