Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 3




Voltar ao sumário

 

Artigo de revisão

Resultados de uma combinação de bleomicina e triamcinolone acetonide no tratamento de quelóides e cicatrizes hipertróficas

Results of a combination of bleomycin and triamcinolone acetonide in the treatment of keloids and hypertrophic scars*


Francisco Miguel Camacho-Martínez1, Elena Rodríguez Rey2, Francisco Camacho Serrano3, Adriana Wagner4

Correspondência:
Francisco Miguel Camacho-Martínez Avenida Doctor Fedriani, 9 41009 - Seville Spain E-mail: camachodp@medynet.com

 

Resumo

Enquanto normalmente o tratamento de queloides e cicatrizes hipertróficas mostra resultados moderados, o tratamento com bleomicina revelou resultados mais promissores. Este estudo foi dividido em duas partes. Na primeira parte, o objetivo foi mostrar os resultados da utilização de uma combinação de bleomicina e acetonido de triancinolona por cm2 (BAT). Na segunda parte, o objetivo foi determinar a resposta aos dois medicamentos em queloides grandes, que foram divididos em quadrados de 1 cm2, tratando cada quadrado com a dose utilizada anteriormente. Na primeira parte do estudo, a resposta clínica de 37 queloides de 0,3 to 1,8 cm2 tratados com BAT foi monitorada por um período de 1 a 2 anos. Injeções de 0,375 UI de bleomicina e 4 mg de acetonido de triancinolona foram aplicadas a cada 3 meses. Na segunda parte do estudo, revisamos a resposta clínica em 6 pacientes com queloides grandes. A dose mensal administrada nunca excedeu 3 UI de bleomicina. O primeiro estudo mostrou que 36 queloides (97,29%) amoleceram após a primeira dose. No segundo estudo, 5 mostraram diferentes respostas (a resposta foi completa nos quatro queloides menores). O queloide maior necessitou de 9 doses para apresentar melhora de 70%. Concluindo, o tratamento combinado com 0,375 UI de bleomicina e 4 mg de acetonido de triancinolona por cm2foi considerado um procedimento aceitável para o tratamento de queloides. Os melhores resultados foram obtidos em queloides com mais de 1 cm2 ou divididos em áreas de 1cm2. Estudos mais amplos deveriam ser realizados, para confirmar esses resultados.

Palavras-chave: BLEOMICINA, QUELÓIDE, TRIANCINOLONA ACETONIDA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações