Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Histoplasmose cutânea reveladora de infecção pelo HIV*

Cutaneous histoplasmosis disclosing an HIV-infection


Silvio Alencar Marques1, Maria Regina Cavariani Silvares2, Rosangela Maria Pires de Camargo3, Mariangela Esther Alencar Marques4

1Professor titular do Departamento de Dermatologia e Radioterapia da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (Unesp) – Botucatu (SP), Brasil.
2Assistente doutora; docente do Departamento de Dermatologia e Radioterapia da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (Unesp) – Botucatu (SP), Brasil.
3Bióloga responsável pelo Laboratório de Micologia Médica do Departamento de Dermatologia e Radioterapia da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (Unesp) – Botucatu (SP), Brasil.
4Livre-Docente do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (Unesp) – Botucatu (SP), Brasil.

Recebido em 12.04.2012. Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 18.06.2012. * Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia e Radioterapia da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (FMB-Unesp) – Botucatu (SP), Brasil. Conflito Interesses: Nenhum Suporte Financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Marques SA, Silvares MRC, Camargo RMP, Marques MEA. Histoplasmose cutânea reveladora de infecção pelo HIV. An Bras Dermatol. 2013;88(3):426-9.

Correspondência:
Silvio Alencar Marques Distrito de Rubião Junior S/N 18618-970 - Botucatu - SP | Brasil E-mail: smarques@fmb.unesp.br

 

Resumo

Histoplasmose é infecção sistêmica endêmica em extensas áreas do continente Americano. Os autores relatam caso de paciente do sexo masculino, de zona urbana com lesões cutâneas e mucosas incomuns de histoplasmose. Investigação adicional posterior revelou infecção subjacente pelo HIV com contagem de células CD4 de 7/mm3. O tratamento foi realizado com anfotericina B, dose total de 2065 mg, seguido por itraconazol 200 mg/dia associado à terapêutica antirretroviral com cura aparente do quadro. Histoplasmose é enfermidade oportunística definidora da síndrome de imunodeficiência adquirida, portanto, diagnóstico clinico de histoplasmose implica em investigação laboratorial de infecção subjacente pelo HIV.

Palavras-chave: ANFOTERICINA B, HISTOPLASMOSE, SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações