Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 3




Voltar ao sumário

 

Qual é seu diagnóstico ?

Caso para diagnóstico*

Case for diagnosis


Amanda Gomes Dell'Horto1, Jackson Machado-Pinto2, Michelle dos Santos Diniz3

1Residente do Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte – Belo Horizonte (MG), Brasil.
2Doutor em Medicina; chefe da Clínica Dermatológica da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte – Belo Horizonte (MG), Brasil.
3Mestre em Saúde Pública pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); preceptora da Clínica Dermatológica da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte – Belo Horizonte (MG), Brasil.

Recebido em 26.02.2012. Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 23.07.2012. * Trabalho realizado no ambulatório de dermatologia geral do Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte – Belo Horizonte (MG), Brasil. Conflito Interesses: Nenhum Suporte Financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Dell’Horto AG, Pinto JM, Diniz MS. Caso para diagnóstico. Tumor de Abrikossoff: localização não usual. An Bras Dermatol. 2013;88(3):475-7.

Correspondência:
Amanda Gomes Dell''''Horto Rua Mato Grosso, 666 - Sala 214 - Barro Preto 30180-090 - Belo Horizonte - MG, Brasil E-mail : dellhorto@hotmail.com

 

Resumo

O tumor de células granulares (tumor de Abrikossoff) é uma doença rara, benigna, que acomete preferencialmente o segmento cérvico facial. Geralmente é uma lesão única, nodular, que pode ulcerar e apresentar bordas infiltradas e peroláceas, com fundo limpo e halo hipercrômico. Esse trabalho descreve um caso de tumor de células granulares ulcerado e de localização pouco usual reforçando a necessidade de se incluir esse tumor no diagnóstico diferencial das lesões nódulo-ulceradas da pele.

Palavras-chave: CÉLULAS DE SCHWANN, NEOPLASIAS, TUMOR DE CÉLULAS GRANULOSAS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações