Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 4




Voltar ao sumário

 

Investigação

Tempo para agendamento de consultas dermatológicas no Brasil*

Time needed to schedule dermatological consultations in Brazil


Hélio Amante Miot1, Luciane Donida Bartoli Miot2

1PhD; professor-assistente do Departamento de Dermatologia e Radioterapia da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) – Botucatu (SP), Brasil.
2PhD; dermatologista do Departamento de Dermatologia e Radioterapia da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) – Botucatu (SP), Brasil.

Recebido em 01.08.2012. Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 14.10.2012. * Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia e Radioterapia da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) – Botucatu (SP), Brasil. Suporte Financeiro: Nenhum. / Financial Support: None. Conflito Interesses: Nenhum. / Conflict of Interests: None. Como citar este artigo/How to cite this article: Miot HA, Miot LDB. Tempo para agendamento de consultas dermatológicas no Brasil. An Bras Dermatol. 2013;88(4):572-8.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Hélio Amante Miot Departamento de Dermatologia e Radioterapia da Faculdade de Medicina da Unesp, S/N Faculdade de Medicina da UNESP Campus Universitário de Rubião Jr. 18618-970 – Botucatu - SP Brasil E-mail: heliomiot@fmb.unesp.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: Não é clara a demanda populacional dermatológica, assim como a proporção de profissionais adequada para a cobertura de saúde na especialidade. O conhecimento da realidade de fluxo de atendimentos nos consultórios dermatológicos do País permite a formação de políticas de expansão e distribuição de profissionais, além de subsidiar a decisão de ampliação das vagas de residência médica. OBJETIVOS: Avaliar o tempo para agendamento de consulta dermatológica privada no Brasil e características ligadas à consulta. MÉTODOS: Inquérito populacional com amostra probabilística de 14% dos consultórios dermatológicos brasileiros, simulando o agendamento de consulta clínica de urgência, cosmiátrica e aplicação de toxina botulínica. Avaliaram-se também aspectos ligados ao custo e ao profissional. Dados foram ajustados para cada região do País. RESULTADOS: Foram avaliados 873 dermatologistas brasileiros. Sócios titulares da SBD foram 85% e mulheres, 66%. O tempo mediano para agendamento de consulta variou de 6 (particulares) a 7 (convênios) dias úteis consecutivos, esse valores variaram entre as regiões do País. A análise multivariada demonstrou que atendimentos e procedimentos particulares foram agendados mais rapidamente que os de convênios, independentemente, se clínico ou cosmiátrico. CONCLUSÃO: Características dos dermatologistas variaram entre as regiões do País. Consultas e procedimentos particulares são agendados mais brevemente que consultas de convênios.

Palavras-chave: AGENDAMENTO DE CONSULTAS, DERMATOLOGIA, INQUÉRITOS DEMOGRÁFICOS, PESQUISAS SOBRE SERVIÇOS DE SAÚDE, REFERÊNCIA E CONSULTA, SERVIÇOS DE ATENDIMENTO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações