Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 4




Voltar ao sumário

 

Dermatopatologia

Involucrina na diagnose diferencial entre a psoríase linear e o nevo epidérmico verrucoso inflamatório linear: relato de um caso*

Involucrin in the differential diagnosis between linear psoriasis and inflammatory linear verrucous epidermal nevus: a report of one case


Flávia Regina Ferreira1, Nilton Gioia Di Chiacchio2, Márcia Lanzoni de Alvarenga3, Samuel Henrique Mandelbaum4

1Mestre em Ciências pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo (EPM-UNIFESP) – Professora-assistente III da disciplina de Dermatologia do Departamento de Medicina da Universidade de Taubaté (UNITAU) – Taubaté (SP), Brasil.
2Estagiário do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Taubaté – Universidade de Taubaté (HUT-UNITAU) – Taubaté (SP), Brasil.
3Márcia Lanzoni de Alvarenga
4Especialista em Dermatologia – Professor-assistente da disciplina de Dermatologia do Departamento de Medicina da Universidade de Taubaté (UNITAU). Chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Taubaté (HUT-UNITAU) – Taubaté (SP), Brasil.

Recebido em 25.02.2012. Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 31.05.2012. * Trabalho realizado no Hospital Universitário de Taubaté (HUT-UNITAU) – Taubaté (SP), Brasil. Suporte Financeiro: Nenhum. / Financial Support: None. Conflito Interesses: Nenhum. / Conflict of Interests: None. Como citar este artigo/How to cite this article: Ferreira FR, Di Chiacchio NG, Alvarenga ML, Mandelbaum SH. Involucrina na diagnose diferencial entre a psoríase linear e o nevo epidérmico verrucoso inflamatório linear: relato de um caso. An Bras Dermatol. 2013;88(4):615-8. AGRADECIMENTOS Os autores agradecem à Fernanda Guedes Luiz, PhD, bióloga do Laboratório de Dermatologia Tropical da Universidade de São Paulo, pela realização da coloração imuno-histoquímica da anti-involucrina.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Nilton Gioia Di Chiacchio Avenida Granadeiro Guimarães, 270 - Centro 12020-130 - Taubaté - SP Brasil E-mail: niltongioia@terra.com.br

 

Resumo

O nevo epidérmico verrucoso inflamatório linear é uma variante do nevo epidérmico verrucoso caracterizada por fenômenos inflamatórios recorrentes. A despeito das manifestações clínicas bem estabelecidas o diagnóstico diferencial entre nevo epidérmico verrucoso inflamatório linear e psoríase linear permanece difícil. A história clínica, o exame físico e análise histopatológica podem não ser suficientes para a confirmação diagnóstica. Nós relatamos o caso de uma menina de 4 anos de idade no qual o uso da involucrina foi útil para o diagnóstico do nevo epidérmico verrucoso inflamatório linear . Nossos achados corroboram a imunohistoquímica com a involucrina como uma ferramenta importante nestes casos.

Palavras-chave: IMUNOISTOQUÍMICA, NEVO, PSORÍASE

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações