Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 4




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Dermatite de contacto proteínica – Relato de caso

Protein contact dermatitis - Case report*


Ana Rita Rodrigues Barata1, Luis Conde-Salazar2

Correspondência:
MAILING ADDRESS: Ana Rita Rodrigues Barata Pabellón 8 Universidad Complutense 28040 Madrid, Espanha. E-mail: rita.rodrigues.md@gmail.com

 

Resumo

A dermatite de contacto proteínica é uma condição pouco conhecida e infra-diagnosticada pelos dermatologistas, resultante de uma resposta alérgica de tipo imediato, mediada por IgE. Clinicamente apresenta-se como um eczema crónico em mãos e/ou antebraços de origem ocupacional, sobretudo em profissionais que trabalham manipulando alimentos. As provas epicutâneas são negativas e para realizar o diagnóstico desta condição há que realizar testes alérgicos de tipo imediato, sendo o mais sensível e rápido, o prick-by-prick test com os alimentos que o paciente refere causar-lhe prurido intenso e imediato ao seu contacto. O tratamento é sintomático, sendo necessário evitar o alérgeno responsável, utilizar luvas de plástico e em ocasiões abandonar o posto de trabalho para a sua resolução.

Palavras-chave: DERMATITE DE CONTATO, HIPERSENSIBILIDADE IMEDIATA, MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS, MÃOS, PROTEÍNAS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações