Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 4




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Pulsoterapia em pênfigos: relato de 11 casos*

Pulse therapy in pemphigus: report of 11 cases


Nurimar Conceição Fernandes1, Mariana Menezes2

1Doutorado – Professor-associado do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF-UFRJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
2Médica - Aluna do Curso de Especialização em Dermatologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF-UFRJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Recebido em 20.04.2012. Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 27.08.2012. * Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF-UFRJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil. Suporte Financeiro: Nenhum. / Financial Support: None. Conflito Interesses: Nenhum. / Conflict of Interests: None Como citar este artigo/How to cite this article: Fernandes NC, Menezes M. Pulsoterapia em pênfigos: relato de 11 casos. An Bras Dermatol. 2013;88(4):683-6.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Nurimar Conceição Fernandes Rua Alexandre de Gusmão 28 - Apto 201 - Tijuca 20520-120 - Rio de Janeiro - RJ Brasil e-mail: nurimarfernandes@terra.com.br

 

Resumo

Neste estudo, cinco casos de pênfigo vulgar e dois casos de pênfigo foliáceo foram submetidos à pulsoterapia com ciclofosfamida associada à prednisona resultando em ação poupadora na dose de manutenção de prednisona. Em três casos de pênfigo vulgar e um caso de pênfigo foliáceo tratados com pulsoterapia dexametasona/ ciclofosfamida associada à prednisona houve resolução mais rápida das lesões. Nenhum destes tratamentos impediu a recurrência da doença. Amenorreia, mielotoxicidade e síndrome de Stevens Johnson foram observados com a ciclofosfamida. Em todos os pacientes ocorreram efeitos colaterais conhecidos da prednisona.

Palavras-chave: CICLOFOSFAMIDA, DEXAMETASONA, PULSOTERAPIA, PENFIGO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações