Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

20

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

20

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 5




Voltar ao sumário

 

Revisão

Compreender melhor o estado reacional tipo 1 para o diagnóstico e tratamento precoces: uma forma de se evitar as incapacidades na hanseníase*

Understanding the type 1 reactional state for early diagnosis and treatment: a way to avoid disability in leprosy*


José Augusto da Costa Nery1; Fred Bernardes Filho2; Juliana Quintanilha3; Alice Miranda Machado1; Soraya de Souza Chantre Oliveira3; Anna Maria Sales4

1. Pesquisadores-associados - Departamento de Micobacterioses/Laboratório de Hanseníase do Instituto Oswaldo Cruz - Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) - Rio de Janeiro (RJ), Brasil
2. Pós-graduando em Dermatologia - Médico pós-graduando em Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro (IDPRDA-SCMRJ) - Rio de Janeiro (RJ), Brasil
3. Médicas-estagiárias do Departamento de Micobacterioses/Laboratório de Hanseníase do Instituto Oswaldo Cruz - Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) - Rio de Janeiro (RJ), Brasil
4. Doutora em Epidemiologia - Departamento de Micobacterioses/Laboratório de Hanseníase do Instituto Oswaldo Cruz - Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) - Rio de Janeiro (RJ), Brasil

Recebido em 23.07.2 012.
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 26.11.2012.
Suporte Financeiro: Nenhum. / Financial Support: None.
Conflito Interesses: Nenhum. / Conflict of Interests: None.
Como citar este artigo/How to cite this article: Nery JAC, Machado AM, Bernardes-Filho F, Oliveira SSC, Quintanilha J, Sales AM. Compreender melhor o estado reacional tipo 1 para o diagnóstico e tratamento precoces: uma forma de evitar as incapacidades na hanseníase. An Bras Dermatol. 2013;88(5):792-7.

Correspondência:

José Augusto da Costa Nery
Rua Otávio Corrêa, 378 - Urca
22.291-180 Rio de Janeiro, RJ Brasil
Email: neryjac@gmail.com

 

Resumo

A reação do tipo 1 ou reação reversa expressa-se clinicamente por uma exacerbação inflamatória das lesões de pele e de troncos nervosos, levando a alterações sensitivas e motoras. Ocorre nas formas não-polares da hanseníase, embora possa ocorrer numa pequena percentagem de pacientes LL tratados. As incapacidades físicas, deformidades e morbidade, ainda presentes na hanseníase, são causadas principalmente por esses episódios agudos. O reconhecimento dos estados reacionais é imperativo para uma abordagem precoce e manejo adequado, evitando a instalação de incapacidades que tanto estigmatizam a doença. Esta revisão tem como objetivo descrever aspectos clínicos, imunopatogênese, epidemiologia, características histopatológicas e terapêutica do estado reacional do tipo 1.

Palavras-chave: Eritema nodoso; Hanseníase; Hanseníase multibacilar; Hanseníase paucibacilar; Mycobacterium leprae

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações