Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 6 S1




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Síndrome de Kindler esporádica com uma mutação não descrita previamente*

Sporadic Kindler Syndrome with a novel mutation*


Hiram Larangeira de Almeida Jr1; Gláucia Thomas Heckler2; Kenneth Fong3; Joey Lai-Cheong4; John McGrath4

1. Livre-docente; professor-assistente da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) - Pelotas (RS), Brasil
2. Médica do programa de especialização em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) - Porto Alegre (RS), Brasil
3. Pesquisador dos St. John's Institute of Dermatology Research Laboratories - Londres, Inglaterra
4. PhD dos St. John's Institute of Dermatology Research Laboratories - Londres, Inglaterra

Received on 03.10.2012.
Approved by the Advisory Board and accepted for publication on 23.10.2012.
Conflito de interesses: nenhum.
Suporte financeiro: nenhum.
Como citar este artigo/How to cite this article: Almeida HL Jr, Heckler GT, Fong K, Lai-Cheong J, McGrath J. Sporadic Kindler Syndrome with a novel mutation. An Bras Dermatol. 2013;88(6 Supl 1):S214-7.

Correspondência:
Hiram Larangeira de Almeida Jr.
Duque de Caxias, 250
96030-000 Pelotas, RS
E-mail: hiramalmeidajr@hotmail.com

 

Resumo

Nós relatamos uma paciente feminina de 28 anos com Síndrome de Kindler, uma forma rara de Epidermólise Bolhosa. Clinicamente, ela apresentava alterações cutâneas pigmentares disseminadas, fotossensibilidade e fragilidade da pele e das mucosas desde a infância. O envolvimento mucoso levou à estomatite erosiva e a estenoses esofágica, anal e vaginal, as quais necessitaram de intervenções cirúrgicas. O diagnóstico de Síndrome de Kindler foi confirmado por sequenciamento de DNA, que demonstrou heterozigose composta uma combinação de mutações uma nonsense e outra frameshift (p.Arg110X; p.Ala289GlyfsX7) no gene FERMT1.

Palavras-chave: Análise mutacional de DNA; Epidermólise bolhosa; Transtornos de fotossensibilidade

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações