Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 88 Número 6




Voltar ao sumário

 

Dermatopatologia

Microscopia eletrônica de varredura do teto de uma bolha de epidermólise bolhosa distrófica*

Scanning electron microscopy of a blister roof in dystrophic epidermolysis bullosa*


Hiram Larangeira de Almeida Jr.1; Luciane Monteiro2; Ricardo Marques e Silva3; Nara Moreira Rocha4; Hans Scheffer5

1. Livre-docente; professor-assistente da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) - Pelotas (RS), Brasil
2. Mestre em Saúde e Comportamento pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel) - Pelotas (RS), Brasil
3. Bolsista de iniciação científica do Laboratório de Microscopia Eletrônica da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) - Pelotas (RS), Brasil
4. Mestre; Laboratório de Microscopia Eletrônica da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa-CPA-CT) - Pelotas (RS), Brasil
5. PhD; Departamento de Genética Humana, Divisão de Diagnóstico por DNA, da Universidade Radboud - Nijmegen, Holanda

Recebido em 02.03.2012.
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 20.06.2012.
Suporte Financeiro: Nenhum. / Financial Support: None.
Conflito Interesses: Nenhum. / Conflict of Interests: None.
Como citar este artigo/How to cite this article: Almeida Jr HL, Monteiro L, Marques e Silva R, Moreira Rocha N, Scheffer H. Microscopia eletrônica de varredura do teto de uma bolha da epidermólise bolhosa distrófica. An Bras Dermatol. 2013;88(6):966-8.

Correspondência:
Hiram Larangeira de Almeida Jr.
Faculdade de Medicina - UFPEL
Av. Duque de Caxias, 250
96030-000- Pelotas - RS Brasil
E-mail: hiramalmeidajr@hotmail.com

 

Resumo

Na epidermólise bolhosa distrófica, o defeito genético das fibrilas ancorantes leva à clivagem abaixo da membrana basal, com sua consequente perda. Realizamos microscopia eletrônica de varredura do teto invertido de uma bolha de um caso de epidermólise bolhosa distrófica, cujo diagnóstico foi confirmado com imunomapeamento e com sequenciamento gênico. Com uma ampliação de 2.000 vezes, pôde ser facilmente identificada uma rede ligada ao teto da bolha. Essa rede era composta por fibras achatadas e entrelaçadas. Com grandes aumentos, fibras de diferentes tamanhos puderam ser observadas: algumas finas, medindo cerca de 80 nm, e outras mais largas, medindo entre 200 nm e 300 nm.

Palavras-chave: Dermatopatias vesiculobolhosas; Epidermólise bolhosa distrófica; Membrana basal; Microscopia eletrônica de varredura

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações