Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 89 Número 1




Voltar ao sumário

 

Investigação

Perfil da qualidade de vida e fatores correlacionados em pacientes com úlceras crônicas dos membros inferiores no centro-oeste do estado de São Paulo, Brasil*

Quality of life profile and correlated factors in chronic leg ulcer patients in the mid-west of São Paulo State, Brazil*


Patrick Alexander Wachholz1; Paula Yoshiko Masuda2; Dejair Caitano Nascimento3; Cecilia Midori Higashi Taira4; Norma Gondim Cleto5

1. Especialista em geriatria e em clínica médica; mestrando pelo Programa de Saúde Coletiva da Faculdade de Medicina de Botucatu, da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) - Bauru (SP), Brasil
2. Médica dermatologista, preceptora voluntária no Programa de Residência Médica em Dermatologia do Instituto Lauro de Souza Lima (ILSL) - Bauru (SP), Brasil
3. Farmacêutico; doutor em farmacologia pela Universidade de São Paulo (USP); pesquisador científico do Instituto Lauro de Souza Lima - Bauru (SP), Brasil
4. Enfermeira; coordenadora técnica do ambulatório de feridas do Instituto Lauro de Souza Lima (ILSL) - Bauru (SP), Brasil
5. Médica com mestrado profissionalizante em biotecnologia médica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp); preceptora do Programa de Residência Médica em Dermatologia do Instituto Lauro de Souza Lima (ILSL) - Bauru (SP), Brasil

Recebido em 24.09.2012.
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 23.02.2013.
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito Interesses: Nenhum
Como citar este artigo/Howto cite this article: Wachholz PA, Masuda PY, Nascimento DC, Taira CMH, Cleto NG. Perfil da qualidade de vida e fatores correlacionados em pacientes com úlceras crônicas dos membros inferiores no centro-oeste do estado de São Paulo, Brasil. An Bras Dermatol. 2014;89(1):73-81.

Correspondência:

Patrick Alexander Wachholz
Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, Km 225/226 Distrito Industrial (Aimorés)
17034-971 - Bauru - SP Brasil
E-mail: p_wachholz@hotmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS: As úlceras crônicas dos membros inferiores são condições que podem afetar a qualidade de vida de seus portadores.
OBJETIVO: Reconhecer o impacto das úlceras das pernas na qualidade de vida de seus portadores por meio do Dermatology Life Quality Index e identificar os principais fatores correlacionados com essa percepção.
MÉTODOS: Neste estudo observacional transversal com amostragem não probabilística, foram incluídos portadores de ulcerações crônicas nas pernas em tratamento por pelo menos três meses. Aplicou-se inquérito sociodemográfico e clínico para avaliar o perfil das úlceras, além de triagem para severidade de sintomas depressivos e o Dermatology Life Quality Index. Utilizou-se estatística descritiva, qui quadrado e Mann-Whitney para dados categóricos, Pearson para variáveis numéricas e regressão múltipla para dados categóricos.
RESULTADOS: Foram avaliados 41 pacientes com média etária de 61,78 anos. As úlceras venosas (48,8%) foram as mais frequentes. Setenta e três porcento da amostra percebeu pequeno ou nenhum impacto na qualidade de vida na última semana, e 26,8% percebeu moderado ou grande impacto. A regressão múltipla identificou, como variáveis que influenciaram a qualidade de vida, a etiologia da lesão, apresença de dor relacionada à úlcera, o tempo de evolução e a severidade dos sintomas depressivos.
CONCLUSÕES: A maior parte da amostra percebeu pequeno ou nenhum impacto da condição na qualidade de vida. As variáveis etiologia da lesão(p<0,001), presença de dor relacionada à úlcera(p=0,001), tempo de evolução(p=0,006) e severidade dos sintomas depressivos (p<0,001) influenciaram a qualidade de vida na amostra, indicando a necessidade do planejamento de estudos que permitam confirmar se há relação causal dessas características com o construto.

Palavras-chave: Qualidade de vida; Úlcera varicosa; Úlcera da perna

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações