Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

39

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

39

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 89 Número 1




Voltar ao sumário

 

Investigação

Utility of dermoscopy for demarcation of surgical margins in Mohs micrographic surgery*

Avaliação do uso da dermatoscopia na demarcação das margens cirúrgicas na cirurgia micrográfica de Mohs*


Heliane Sanae Suzuki1; Sérgio Zuñeda Serafini2; Maurício Shigueru Sato3

1. Médica dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia em clínica particular - Curitiba (PR), Brasil
2. Médico dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; professor do Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (HC-UFPR) - Curitiba (PR), Brasil
3. Médico dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; médico colaborador do ambulatório de cirurgia de Mohs do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (HC-UFPR) - Curitiba (PR), Brasil

Recebido em 04.01.2013.
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 18.02.2013.
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Suzuki HS, Serafini SZ, Sato MS. Avaliação do uso da dermatoscopia na demarcação das margens cirúrgicas na cirurgia micrográfica de Mohs. An Bras Dermatol. 2014;89(1):38-43.

Correspondência:

Heliane Sanae Suzuki
Rua General Carneiro, 181 SAM 4
80060-900 - Curitiba -PR Brasil
E-mail: helianesuzuki@yahoo.com.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: O câncer de pele é a neoplasia maligna mais comum e pode ser tratada de várias maneiras. Uma delas é a cirurgia micrográfica de Mohs. Em decorrência do aumento da incidência das neoplasias cutâneas nas últimas décadas, há necessidade de aprimoramentos na técnica de Mohs para otimizar a sua eficácia.
OBJETIVO: Avaliar se o uso da dermatoscopia na demarcação de margens na cirurgia micrográfica de Mohs pode diminuir o tempo cirúrgico e, consequentemente, a morbidade cirúrgica e os custos.
MÉTODOS: Foram selecionados 44 pacientes com indicação de cirurgia micrográfica de Mohs, alocados em dois grupos (de estudo e de controle), com margens cirúrgicas guiadas pela dermatoscopia.
RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos pela análise com o teste do qui quadrado (p = 0,399).
CONCLUSÃO: Embora ambos os grupos tenham mostrado resultados equivalentes, o estudo traz uma proposta prática de aprimoramento da técnica. Há necessidade de outros estudos para que esses resultados sejam comprovados.

Palavras-chave: Cirurgia de Mohs; Dermoscopia; Neoplasias cutâneas

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações