Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

21

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

21

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 89 Número 3




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Ceratoses actínicas: casos tratados com ácido glicólico a 8%*


Sônia Maria Cruz Bastos1; Aloísio Carlos Couri Gamonal2; Everton Soares Rocha3; Maria Tereza Feital de Carvalho3; Shirley Braga Lima Gamonal2

1. Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora (Suprema) - Juiz de Fora (MG), Brasil
2. Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) - Juiz de Fora (MG), Brasil
3. Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e Fundação Hospital do Estado de Minas Gerais (FHEMIG) - Juiz de Fora (MG), Brasil

Recebido em 15.07.2013.
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 06.08.2013.
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Bastos SMC, Gamonal ACC, Rocha ES, Carvalho MTF, Gamonal SBL. Ceratoses actínicas casos tratados com ácido glicólico a 8%. An Bras Dermatol. 2014;89(3):529-31.

Correspondência:

Sônia Maria Cruz Bastos
R. Santo Antônio, 1500 - Salas 708 a 711 - Centro
360116 -211- Juiz de Fora - MG Brasil
E-mail: soniaderma@yahoo.com.br

 

Resumo

Ceratose actínica é doença dermatológica presente em áreas fotoexpostas, caracterizada pela proliferação de queratinócitos atípicos intraepiteliais, que podem evoluir para o carcinoma espinocelular, uma neoplasia potencialmente metastatizante. É diagnosticada clinicamente e tratada ambulatorialmente com ampla variedade de métodos. Por seu potencial ceratolítico, o ácido glicólico tópico é uma das alternativas de tratamento para ceratoses actínicas. Com o objetivo de pesquisar a efetividade dessa conduta terapêutica, foi realizado este estudo clínico, prospectivo, transversal aberto e não controlado por placebo. O ácido glicólico tópico foi usado em creme manipulado não iônico a 8% em 50 pacientes atendidos no Ambulatório de Dermatologia Geriátrica (HU/CAS/UFJF) por 16 semanas. A resolução total das lesões não foi observada, contudo houve diminuição acentuada tanto do número de lesões quanto de seu índice de gravidade.

Palavras-chave: Ceratose actínica; Hidroxiácidos; Resultado de tratamento

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações