Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 81 Número 6




Voltar ao sumário

 

Investigação

Perfil nosológico das consultas dermatológicas no Brasil

Nosologic profile of dermatologic visits in Brazil


SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA1

1Foi elaborado a partir de um estudo inédito no Brasil, coordenado pelo Dr. Gerson Penna, do Núcleo de Medicina Tropical da Universidade de Brasília, com participação direta das Dras Andréa Ramos. do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais, e Maria Ester Café, da Santa Casa de Belo Horizonte. A principal autoria é de todos os colegas dermatologistas que contribuíram para a construção do conhecimento sobre a saúde da pele da população brasileira, aos quais ficam registrados os agradecimentos da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Contou com a consultoria da Profª Maria Lúcia Penna, do Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), da estatística Mônica Rodrigues Campos, da Escola Nacional de Saúde Pública/Fiocruz, e da. Profª Celina M. T. Martelli, do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública da Universidade Federal de Goiás.

Recebido em 14.12.2006. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 18.12.2006. Este é um artigo original de autoria institucional da Sociedade Brasileira de Dermatologia. _Como citar este artigo:_ Sociedade Brasileira de Dermatologia. Perfil nosológico das consultas dermatológicas no Brasil. An Bras Dermatol. 2006;81(6):549-58.

 

Resumo

*Fundamentos:* Informações epidemiológicas são fundamentais para a política de saúde e são limitadas para o conjunto das nosologias dermatológicas no país. *Objetivos:* Verificar a freqüência dos principais diagnósticos na prática dos dermatologistas. *Métodos:* Os diagnósticos referentes ao atendimento ambulatorial dermatológico foram levantados durante uma semana por uma amostra de dermatologistas e 49 serviços que oferecem residência médica. Os dados clínicos e demográficos não identificados de cada paciente foram coletados em formulário padronizado. *Resultados:* Os resultados apresentados foram baseados em 57 mil consultas dermatológicas. O motivo principal de consulta foi acne, com 14% dos atendimentos, seguida pelas micoses superficiais (8,7%), transtornos da pigmentação (8,4%) e ceratose actínica (5,1%). A ceratose actínica foi a causa de consulta mais freqüente no grupo de 65 anos e mais (17,2%), seguida pelo carcinoma basocelular (9,8%). A hanseníase foi a 20a causa em todo o país, mas a quarta na Região Centro-Oeste. *Conclusão:* O perfil nosológico do atendimento ambulatorial dos dermatologistas é relacionado ao especialista e não predominantemente ao atendimento primário. Os resultados reforçam a importância da acne, do câncer de pele e da hanseníase como problemas de saúde pública, para os quais deve haver investimento contínuo em educação para saúde.

Palavras-chave: DERMATOPATIAS/EPIDEMIOLOGIA, SKIN DISEASES, BRASIL, DERMATOLOGIA, DERMATOPATIAS, DIAGNÓSTICO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações