Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

25

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

25

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 89 Número 6




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Gangrena cutânea como manifestação extraintestinal de retocolite ulcerativa em atividade*

Skin gangrene as an extraintestinal manifestation of inflammatory bowel disease*


Yumi Cristina Komatsu; Gabriela Cunha Capareli; Maria Fernanda Feitosa de Camargo Boin; Rute Lellis; Thaís Helena Proença de Freitas; Karine Simone

Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - São Paulo (SP), Brazil

Recebido em 23.07.2013.
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 16.10.2013.
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Komatsu YC, Capareli GC, Boin MFFC, Lellis R, Freitas THP, Simone K. Gangrena cutânea como manifestação extraintestinal de retocolite ulcerativa em atividade. An Bras Dermatol. 2014;89(6):971-3.

Correspondência:

Yumi Cristina Komatsu
Rua Dr Cesário Mota Junior, 112. Vila Buarque
01221-020 - São Paulo - SP Brasil
E-mail: yumi.komatsu@hotmail.com

 

Resumo

As doenças inflamatórias intestinais podem apresentar lesões cutâneas, que auxiliam no diagnóstico da doença ou da sua atividade. As manifestações cutâneas ou mucocutâneas mais frequentes que sugerem atividade da retocolite ulcerativa são eritema nodoso (3% a 10%), pioderma gangrenoso (5% a 12%) e estomatite aftosa (4%). Outras lesões cutâneas reativas relacionadas com mecanismos imunológicos associados à doença inflamatória intestinal são: síndrome de Sweet, síndrome artrite-dermatite associada a doença inflamatória intestinal e vasculite leucocitoclástica. Descrevemos o caso de um paciente jovem com retocolite ulcerativa que apresentou como manifestação da atividade da doença uma lesão extensa de gangrena cutânea secundária a trombose microvascular. O caso representa uma raridade dermatológica e deve ser reconhecido como uma manifestação cutânea relacionada ao estado de hipercoagulabilidade observado na atividade da doença.

Palavras-chave: Doenças inflamatórias intestinais; Gangrena; Infarto; Manifestações cutâneas; Necrose

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações