Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

37

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

37

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 90 Número 3




Voltar ao sumário

 

Investigação

Líquen plano oral: série de 21 casos*

Oral lichen planus: study of 21 cases*


Juliana Tristão Werneck; Taiara de Oliveira Costa; Christian Abreu Stibich; Cristhiane Almeida Leite; Eliane Pedra Dias; Arley Silva Junior

Universidade Federal Fluminense (UFF) - Niterói (RJ), Brasil

Recebido em 17.05.2014
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 26.07.2014
Suporte Financeiro: CNPq
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Werneck JT, Costa TO, Stibich CA, Leite CA, Dias EP, Silva Junior A. Líquen plano oral: série de 21 casos. An Bras Dermatol. 2015;90(3):318-23.

Correspondência:

Juliana Tristão Werneck
Rua Marquês do Paraná, 303 - 4 andar
24030-215 - Niterói - RJ Brasil
E-mail: jtwerneck@hotmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTO: O líquen plano é considerado a doença dermatológica com envolvimento oral mais comum.
OBJETIVO: Verificar o perfil, as características clínicas e a presença de displasia e de candidíase em pacientes com líquen plano oral.
MÉTODOS: Foram selecionados 21 pacientes a partir de um estudo com 258 pacientes sobre risco de câncer oral.
RESULTADOS: A maior parte da amostra era composta por brancos (76,2%) e mulheres (66,66%). A idade média era de 58,8 anos. Oito pacientes eram tabagistas, e sete, etilistas. A mucosa jugal foi a mais afetada, seguida pela lingual e pela gengival. O padrão reticular foi o mais observado. O histopatológico evidenciou nove casos com displasia, e a citopatologia foi positiva para candidíase em oito casos no primeiro atendimento.
CONCLUSÃO: Não foram verificadas diferenças no perfil da amostra estudada em comparação com a literatura. A citopatologia foi importante para o diagnóstico da candidíase. Displasia foi verificada; contudo, estudos são necessários para avaliar o seu significado.

Palavras-chave: Candidíase mucocutânea crônica; Epidemiologia; Líquen plano bucal

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações