Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 75 Número 3




Voltar ao sumário

 

Investigação

Seria o aleitamento materno capaz de alterar a intensidade das manifestações de atopia na infância?

Can breast-feeding modify atopy severity manifestations during childhood?


ADRIANA ARAGÃO CRAVEIRO LEITE1, RUBENS MARCELO SOUZA LEITE2, WELLINGTON BORGES3, DENNIS ALEXANDER BURNS4

1Médica Alergista-Pediatra, Serviço de Saúde, Supremo Tribunal Federal - Brasília, DF.
2Médico dermatologista, Departamento Médico, Câmara dos Deputados - Brasília, DF.
3Médico Alergista-Pediatra, Hospital de Base do Distrito Federal - Brasília, DF.
4Alergista-Pediatra do Hospital Materno Infantil do Distrito Federal - Brasília, DF.

Recebido em 25.6.1999. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 18.5.2000. Trabalho realizado no Hospital de Base do Distrito Federal.

Correspondência:
Rubens Marcelo Souza Leite SMHN Q. 2, Edifício de Clínicas, Sala 108 Brasília DF 70710-906 Tel: (61) 327-8482 Fax: (61) 327-7576 "E-mail":ruleite@linkexpress.com.br

 

Resumo

*Fundamentos:* As doenças atópicas constituem-se em grande problema de saúde pública. São diversos os fatores relacionados com o aumento do risco de atopia. Não existe consenso quanto ao fato de o aleitamento materno ser um desses fatores nem quanto ao de ser ele capaz de prevenir ou diminuir as manifestações de atopia durante a infância. *Objetivos:* Avaliar se o aleitamento materno poderia modificar a intensidade das manifestações de doenças atópicas em pacientes com história familiar de atopia. *Pacientes e Métodos:* Os dados foram obtidos dos prontuários médicos de 312 pacientes com asma, dermatite atópica e/ou rinite alérgica no departamento de Alergia Pediátrica do Hospital de Base do Distrito Federal no período de maio de 1993 a junho de 1994. O tempo de aleitamento materno exclusivo e o grau de intensidade da asma, dermatite atópica e/ou rinite alérgica foram coletados, correlacionados e analisados estatisticamente. O tempo médio de aleitamento materno exclusivo foi de quatro meses. *Resultados:* Não houve correlação entre o tempo de aleitamento materno e a gravidade das manifestações de asma, dermatite atópica e/ou rinite. *Conclusões:* O aleitamento materno não teria capacidade de alterar a gravidade das doenças atópicas em pacientes de risco que irão desenvolver asma, dermatite atópica e/ou rinite alérgica.

Palavras-chave: ALEITAMENTO MATERNO.

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações