Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 90 Número 3 S1




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Fenômeno isotópico de Wolf manifestando-se como líquen plano*

Wolf's isotopic response, presenting as lichen planus*


Mariana Thomaz da Silva Queiroz1; José Roberto Paes de Almeida1; Ângelo Sementilli2; Sandra Lopes Mattos e Dinato1; Ney Romiti (In memoriam)1

1. Centro Universitário Lusíada (UNILUS) - Santos (SP), Brasil
2. Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES) - Santos (SP), Brasil

Recebido em 11.06.2014.
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 05.09.2014.
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Queiroz MTS, Almeida JRP, Sementilli A, Mattos e Dinato SL, Romiti N. Fenômeno isotópico de Wolf manifestando-se como líquen plano. An Bras Dermatol. 2015;90(3 Supl 1):S90-2.

Correspondência:

Mariana Thomaz da Silva Queiroz
SQNW 109 bloco A. Apto 420. Setor Noroeste
70686-405 - Brasília - DF Brazil
E-mail: matsqueiroz@hotmail.com

 

Resumo

O termo "fenômeno isotópico de Wolf" descreve a ocorrência de uma nova doença cutânea no local de outra doença, não relacionada e já curada. Na maioria dos casos, a dermatose inicial é o herpes-zóster. Várias doenças podem desenvolver-se no local, mais frequentemente reações granulomatosas e liquenoides, infiltração de doenças hematológicas, tumores e infecções. Há poucos casos relatados de líquen plano apresentando-se como fenômeno isotópico. Relatamos o caso de uma mulher de 74 anos, com múltiplas lesões papulosas pruriginosas, róseo-brilhantes, que se desenvolveram no local de herpes-zóster já curado, no braço e ombro direitos. A patogênese deste fenômeno permanece desconhecida e mais estudos são necessários.

Palavras-chave: Erupções liquenoides; Herpes Zoster; Líquen plano; Líquens

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações