Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 90 Número 6




Voltar ao sumário

 

Investigação

Estudo clínico das alterações dermatológicas nas gestações de baixo e alto risco*

Clinical study of skin changes in low and high risk pregnant women*


Lana Bezerra Fernandes; Waldemar Naves do Amaral

Universidade Federal de Goiás (UFG) - Goiânia (GO), Brasil

Recebido em 25.03.2014.
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 14.01.2015.
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Fernandes LB, Amaral WN. Estudo clínico das alterações dermatológicas nas gestações de baixo e alto risco. An Bras Dermatol. 2015;90(6):822-6.

Correspondência:

Lana Bezerra Fernandes
Primeira Avenida, S/n Setor Leste Universitário
74.605-020 - Goiânia, GO Brasil
Email: lanabezerra@hotmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS: Na gravidez há alterações imunológicas, metabólicas, endócrinas e vasculares responsáveis por alterações cutâneas fisiológicas e patológicas.
OBJETIVOS: Estabelecer a prevalência das alterações fisiológicas e das dermatoses específicas da gestação, avaliar o período da idade gestacional de seu surgimento e comparar os tipos de pré-natal quanto às alterações dermatológicas.
MÉTODOS: Este estudo transversal analítico foi realizado com 905 gestantes.
RESULTADOS: A prevalência das alterações cutâneas fisiológicas foi de 88,95%, e a alteração mais comum foi a pigmentar. A prevalência das dermatoses específicas foi de 8,72%, e a erupção atópica foi a mais comum.
CONCLUSÃO: As alterações fisiológicas foram verificadas mais frequentemente no terceiro trimestre, assim como as dermatoses específicas. Não se observou diferença estatística entre o pré-natal de baixo risco e o pré-natal de alto risco quanto às alterações fisiológicas cutâneas e as dermatoses específicas gestacionais.

Palavras-chave: Dermatopatias; Pele; Gravidez; Pigmentação da pele; Penfigoide gestacional

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações