Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

14

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

14

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 90 Número 6




Voltar ao sumário

 

Relato de Caso

Linfoma de células T tipo cútis laxa granulomatosa: importante diagnóstico diferencial com tumor de células gigantes de partes moles*

Granulomatous slack skin T-cell lymphoma: an important differential diagnosis with giant cell tumor of soft tissue*


André Ricardo Adriano1; Tiago Silveira Lima1; Maxime Battistella2; Martine Bagot2

1. Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay - Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro (RJ), Brasil
2. Hospital Saint Louis - Paris, França

Recebido em 30.06.2014
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 02.10.2014
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Adriano AR, Silveira-Lima T, Battistella M, Bagot M. Linfoma de células T tipo cútis laxa granulomatosa: importante diagnóstico diferencial com tumor de células gigantes de partes moles. An Bras Dermatol. 2015;90(6):891-4.

Correspondência:

André Ricardo Adriano
Marechal Floriano Peixoto, 222, sala
704 89010-500 - Blumenau- SC Brasil
E-mail: andrehricardo@gmail.com

 

Resumo

A cútis laxa granulomatosa é um linfoma de células T de comportamento indolente, considerado uma variante da micose fungoide. Clinicamente é caracterizada por áreas de pele redundante, enrugada, inelástica, com eritema e infiltração variáveis e superfície poiquilodérmica. Um diagnóstico diferencial pouco conhecido pelos dermatologistas é o tumor de células gigantes de partes moles, que é um sarcoma extremamente raro e de baixo grau de malignidade. Os autores relatam o caso clínico de um paciente submetido a extensa cirurgia por diagnóstico primário de tumor de células gigantes de partes moles, cujo diagnóstico final, depois de uma segunda intervenção, foi de cútis laxa granulomatosa, com confirmação histopatológica.

Palavras-chave: Linfoma; Linfoma cutâneo de células T; Neoplasias de tecidos moles; Micose fungoide; Sarcoma

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações