Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 90 Número 6




Voltar ao sumário

 

Cartas

Correlação entre as características nutricionais, hematológicas e infecciosas e a classificação do tipo de epidermólise bolhosa de pacientes atendidos no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília*

Correlation between nutritional, hematological and infectious characteristics and classification of the type of epidermolysis bullosa of patients assisted at the Dermatology Clinic of the Hospital Universitário de Brasília*


Márcia Carolline dos Santos Sousa; Carmen Dea Ribeiro de Paula; Pedro Luiz Tauil; Izelda Maria Carvalho Costa

Universidade de Brasília (UnB) - Brasília (DF), Brasil

Recebido em 18.03.2015
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 22.09.2015
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Sousa MCS, Paula CDR, Tauil PL, Costa IMC. Correlação entre as características nutricionais, hematológicas e infecciosas e a classificação do tipo de epidermólise bolhosa de pacientes atendidos no Ambulatório de Dermatologia. An Bras Dermatol. 2015; 90(6):920-2.

Correspondência:

Márcia Carolline dos Santos Sousa
Ambulatório de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília
SGAN 605 Av.L2 norte
Brasília, - DF Brasil
Email: mcss_med@hotmail.com

 

Resumo

A epidermólise bolhosa compreende um grupo de genodermatoses fenotipicamente diversas, hereditárias ou adquiridas, caracterizadas pela fragilidade da pele e consequente formação de bolhas em resposta ao mínimo trauma mecânico, podendo também acometer mucosas. Objetivou-se a análise da relação entre as características nutricionais, hematológicas e infecciosas e o tipo de epidermólise bolhosa, por meio de um estudo descritivo de casos baseado em dados dos prontuários de 10 pacientes portadores de epidermólise bolhosa atendidos regularmente no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília. Foram considerados a classificação antiga do tipo de epidermólise bolhosa, medidas de peso e estatura, hemograma, leucograma, contagem de plaquetas e descrição do tipo e da frequência de infecções secundárias ao longo do atendimento no Serviço. Verificou-se predomínio de anemia ferropriva, leucocitose crônica, trombocitose, desnutrição crônica, baixa estatura para a idade e magreza, sendo que os portadores de epidermólise bolhosa simples apresentam relações adequadas entre estatura/idade e IMC/idade. A infecção cutânea inespecífica foi prevalente em ambos os sexos. A gravidade do tipo de epidermólise bolhosa e a frequência de infecções secundárias não formaram uma relação diretamente proporcional. A ausência da proporção direta em todos os casos entre o tipo de epidermólise bolhosa e os parâmetros analisados sugere a possível interferência significativa de outros aspectos, como a extensão da área cutânea afetada, o envolvimento extracutâneo e o tipo de mutação genética específica. A inclusão desses fatores na nova classificação proposta por Fine et al. pode contribuir de forma significativa para a melhor correlação entre parâmetros clínicos e abordagens preventivas bem como terapêuticas adequadas.

Palavras-chave: Epidermólise bolhosa; Infecção; Nutrição da criança

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações