Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

32

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

32

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 91 Número 3




Voltar ao sumário

 

Investigação

Incidência, manifestações clínicas e clipping da psoríase ungueal no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba*

Incidence, clinical manifestations and clipping of nail psoriasis in the dermatology center of the Hospital Universitário Evangélico de Curitiba*


Luiz Eduardo Fabricio de Melo Garbers1; Helena Slongo1; Lincoln Helder Zambaldi Fabricio1; Juliano Vilaverde Schmitt2; Aguinaldo Bonalumi Filho3

1. Faculdade Evangélica do Paraná (Fepar) - Curitiba (PR), Brasil
2. Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp) - São Paulo (SP), Brasil
3. Hospital Naval Marcilio Dias (HNMD) - Rio de Janeiro (RJ), Brasil

Recebido em 12.12.2014
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 27.06.2015
Suporte Financeiro: Nenhum.
Conflito de Interesses: Nenhum.
Como citar este artigo: Garbers LEFM, Slongo H, Fabricio LHZ, Schmitt JV, Bonalumi Filho A. Incidência, manifestações clínicas e clipping da psoríase ungueal no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba. An Bras Dermatol. 2016;91(3):299-305.

Correspondência:

Luiz Eduardo Fabricio de Melo Garbers
Alameda Augusto Stellfeld, 1908 Bigorrilho
80730-150 Curitiba - PR Brasil
Email: legarbers@gmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS: Psoríase é uma doença inflamatória crônica que cursa frequentemente com alterações nas unhas. Suspeita-se de que haja correlação entre psoríase ungueal e entesite da articulação interfalangeana distal, parecendo o envolvimento ungueal servir de preditor para a artrite psoriática.
OBJETIVOS: Analisar o perfil do paciente com psoríase ungueal e correlacionar a presença da alteração ungueal a artrite psoriática, qualidade de vida, extensão da psoríase e análise histopatológica ungueal.
MÉTODOS: Estudo transversal observacional com 40 pacientes diagnosticados com psoríase e sem tratamento sistêmico. Foi pesquisado o perfil do paciente, incluindo sua qualidade de vida, e o mesmo foi avaliado quanto à presença de artrite psoriática. Foram avaliadas a gravidade da psoríase cutânea e a presença de lesões ungueais. Fragmentos das unhas foram coletados e analisados através do clipping.
RESULTADOS: Dos 40 pacientes, 65% foram diagnosticados com psoríase ungueal. Achados sugestivos de artrite psoriática nas mãos estiveram presentes em 33%, sendo mais frequentes naqueles com alteração ungueal (p=0,01). Em 92,3% dos pacientes diagnosticados com artrite psoriática nas mãos existia alguma lesão ungueal. As lesões mais encontradas foram pitting e onicólise. Obtiveram-se 100% de positividade para psoríase no exame histopatológico da lâmina ungueal.
CONCLUSÕES: Pacientes com psoríase ungueal são geralmente homens, com pior qualidade de vida e mais chance de artrite psoriática. A correlação entre o acometimento ungueal da psoríase e a artrite psoriática nas mãos confirma a associação entre essas duas formas. Não houve relação da psoríase ungueal com a gravidade da psoríase, somente com pior qualidade de vida. O diagnóstico clínico de psoríase ungueal não se relacionou ao diagnóstico histológico.

Palavras-chave: Artrite psoriásica; Doenças da unha; Indicadores de qualidade de vida; Psoríase; Qualidade de vida

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações