Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

25

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

25

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 91 Número 3




Voltar ao sumário

 

Investigação

Infliximabe em pacientes portadores de psoríase e de outras doenças inflamatórias: avaliação dos efeitos adversos no tratamento em 168 pacientes*

Infliximab in patients with psoriasis and other inflammatory diseases: evaluation of adverse events in the treatment of 168 patients*


João Roberto Antonio1,2; Jessica Sanmiguel1; Giovana Viotto Cagnon1; Marília Silveira Faeda Augusto1; Moacir Fernandes de Godoy1; Eurides Maria Oliveira Pozetti1

1. Faculdade Estadual de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP) - São José do Rio Preto (SP), Brasil
2. Hospital de Base de São José do Rio Preto - São José do Rio Preto (SP), Brasil

Recebido em 10.12.2014
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 04.09.2015
Suporte financeiro: nenhum.
Conflito de interesses: nenhum.
Como citar este artigo: Antonio JR, Sanmiguel J, Cagnon GV, Augusto MSF, Godoy MF, Pozetti EMO. Infliximabe em pacientes portadores de psoríase e de outras doenças inflamatórias: avaliação dos efeitos adversos no tratamento em 168 pacientes. An Bras Dermatol. 2016;91(3):306-10.

Correspondência:

João Roberto Antonio
R. Silva Jardim, 3114 Centro
15010-060 - São José do Rio Preto - SP Brasil
Email: dr.joao@terra.com.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: A psoríase é uma doença inflamatória crônica, imunologicamente mediada, com predileção por pele e articulações. O acometimento da pele se dá por hiperproliferação e diferenciação anormal dos queratinócitos. Está associada a comorbidades, principalmente relacionadas às manifestações clínicas da síndrome metabólica, entre outras. O aumento da expressão de TNF-alfa (TNF-α) está relacionado à sua fisiopatologia. O infliximabe, medicamento aplicado em infusões endovenosas, atua neutralizando a atividade biológica do TNF-α e impedindo a ligação da molécula aos receptores da célula-alvo, inibindo, assim, a proliferação celular característica da psoríase e de outras doenças mediadas por este grupo de citocinas. Diversas reações infusionais vêm sendo descritas na literatura.
OBJETIVO: Avaliar os efeitos adversos do tratamento endovenoso com infliximabe, comparando os pacientes com psoríase àqueles com as outras doenças inflamatórias crônicas (artrite reumatoide, espondilite anquilosante, doença de Crohn e retocolite ulcerativa).
MÉTODO: Análise de prontuários e dos efeitos colaterais de 168 pacientes submetidos à infusão de infliximabe para tratamento de psoríase e de outras doenças inflamatórias crônicas.
RESULTADOS: Dos 168 pacientes em uso de infliximabe avaliados, 24 apresentavam psoríase e 144 apresentavam doenças inflamatórias crônicas. Dos pacientes com psoríase, apenas 2 (8,3%) apresentaram efeitos adversos, sendo necessária a suspensão do tratamento. Em relação aos pacientes com doenças inflamatórias crônicas estudadas, 6 (4,2%) apresentaram reações adversas, todas em mulheres.
CONCLUSÃO: O infliximabe é uma droga segura, apresentando um percentual baixo de reações adversas e há maior frequência de reações em mulheres com doenças inflamatórias crônicas e em pacientes com maior número de infusões.

Palavras-chave: Artrite reumatoide; Doença de Crohn; Espondilite anquilosante; Proctocolite; Psoríase

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações