Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

22

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

22

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 91 Número 4




Voltar ao sumário

 

Relato de Caso

Sífilis terciária nodular em paciente imunocompetente*

Nodular tertiary syphilis in an immunocompetent patient*


Maraya de Jesus Semblano Bittencourt; Arival Cardoso de Brito; Bianca Angelina Macêdodo Nascimento; Alessandra Haber Carvalho; Marion Guimarães Drago

Universidade Federal do Pará (UFPA) – Belém (PA), Brasil

Recebido em 14.07.2014
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 09.01.2015
Suporte financeiro: nenhum.
Conflito de interesses: nenhum.
Como citar este artigo: Bittencourt MJS, Brito AC, Nascimento BAM, Carvalho AH, Drago MG. Sífilis terciária nodular em paciente imunocompetente. An Bras Dermatol. 2016;91(4):528-30.

Correspondência:

Maraya de Jesus Semblano Bittencourt
Avenida Generalíssimo Deodoro, 91 Umarizal
66055-240 - Belém - PA Brasil
E-mail: marayabittencourt@hotmail.com

 

Resumo

A sífilis adquirida compreende estágios primário, secundário, latente e terciário. Aproximadamente 25% dos pacientes com sífilis primária não tratada desenvolvem manifestações de sífilis terciária, que ocorrem geralmente de três a cinco anos após a infecção primária e envolvem vários órgãos. Relata-se o caso de uma paciente do sexo feminino imunocompetente na qual a sífilis terciária se apresentou como placas nodulares de longa evolução.

Palavras-chave: Doenças sexualmente transmissíveis; Infecções por treponema; Sífilis cutânea

© 2021 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações