Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 91 Número 4




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Hanseníase: doença milenar que permanece como problema de saúde pública nos dias atuais*

Leprosy: ancient disease remains a public health problem nowadays*


Leandro Fonseca Noriega1; Nilton Di Chiacchio1; Angélica Fonseca Noriega2; Gilmayara Alves Abreu Maciel Pereira1; Marina Lino Vieira1

1. Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo – São Paulo (SP), Brasil
2. União das Faculdades dos Grandes Lagos (Unilago)– São José do Rio Preto (SP), Brasil

Recebido em 19.06.2015
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 27.07.2015
Suporte Financeiro: Nenhum.
Conflito de Interesses: Nenhum.
Como citar este artigo: Noriega LF, Di-Chiacchio N, Noriega AF, Pereira GAAM, Vieira ML. Hanseníase: doença milenar que permanece como problema de saúde pública nos dias atuais. An Bras Dermatol. 2016;91(4):547-8.

Correspondência:

Leandro Fonseca Noriega
Castro Alves St., 60, 5th floor Aclimação
01532-000 - São Paulo - SP Brasil
Email: leandronorieg@gmail.com

 

Resumo

Apesar de ser uma doença milenar, a hanseníase permanece como problema de saúde pública em diversos países, principalmente na Índia, no Brasil e na Indonésia. As diretrizes operacionais vigentes dão ênfase à avaliação das incapacidades desde o momento do diagnóstico e estipulam como princípios fundamentais para o controle da doença a detecção precoce e o tratamento adequado. São necessários esforços contínuos para instituir e aprimorar serviços de hanseníase de qualidade. Uma rede de atenção primária capacitada, que esteja integrada a um serviço especializado, e o desenvolvimento de ações educativas fazem parte do arsenal na luta contra a doença, considerada negligenciada e estigmatizante.

Palavras-chave: Epidemiologia; Hanseníase; Saúde pública

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações