Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

25

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

25

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 1




Voltar ao sumário

 

Investigação

Análise microscópica comparativa da lâmina ungueal de pacientes com psoríase cutânea e artrite psoriásica*

Comparative microscopic analysis of nail clippings from patients with cutaneous psoriasis and psoriatic arthritis*


Gabriela Poglia Fonseca1; Betina Werner2; Gabriela Seidel3; Henrique Luiz Staub4

1. Clínica privada – Vacaria (RS), Brasil
2. Serviços de Dermatologia e Patologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR) – Curitiba (PR), Brasil
3. Clínica privada – Campo Largo (PR), Brasil
4. Serviço de Reumatologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) – Porto Alegre (RS), Brasil

Recebido em 19.08.2015
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 05.03.2016
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Fonseca GP, Werner B, Seidel G, Staub HL. Análise microscópica comparativa da lâmina ungueal de pacientes com psoríase cutânea e artrite psoriásica. An Bras Dermatol. 2017;92(1):20-4.

Correspondência:

Gabriela Poglia Fonseca
R. General Carneiro, 181 Alto da Glória
80060-900 - Curitiba, PR Brasil
Email: gabipoglia@hotmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS: O acometimento ungueal na psoríase está relacionado à artrite psoriásica, podendo representar um preditor da doença.
OBJETIVOS: Analisar, por meio do clipping ungueal, as unhas clinicamente normais e distróficas de pacientes com psoríase cutânea e artrite psoriásica.
MÉTODOS: Estudo transversal, multicêntrico, realizado entre agosto de 2011 e março de 2012. Os indivíduos foram subdivididos em grupos: pacientes com psoríase cutânea e onicodistrofia, pacientes com psoríase cutânea e unhas clinicamente normais, pacientes com artrite psoriásica e onicodistrofia e pacientes com artrite psoriásica e unhas clinicamente normais. Foi calculado o NAPSI (Nail Psoriasis Severity Index) da unha com maior alteração clínica. Após coleta e preparo do clipping ungueal, os seguintes parâmetros microscópicos foram avaliados: espessura da placa ungueal e subungueal, presença ou ausência de paraceratose, com a anotação do número de camadas, presença de neutrófilos, lagos serosos, sangue e fungos.
RESULTADOS: Evidenciou-se um maior número de camadas de paraceratose entre os pacientes com onicodistrofia de um modo geral (p=0,001), assim como uma maior espessura subungueal entre os pacientes com psoríase e onicodistrofia (p=0,002). Lagos serosos estiveram mais presentes entre estes pacientes (p=0,008) e entre aqueles com artrite psoriásica e unhas normais (p=0,047). Os demais parâmetros microscópicos não demonstraram diferença significativa entre unhas distróficas e normais nem entre artrite psoriásica ou psoríase.
LIMITAÇÕES DO ESTUDO: Tamanho da amostra e uso de medicamentos.
CONCLUSÕES: O clipping ungueal representa um método simples e rápido para avaliação das unhas de pacientes com psoríase ungueal, não sendo um exame que demonstre diferença entre psoríase cutânea e articular.

Palavras-chave: Artrite psoriásica; Patologia; Psoríase; Unhas

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações