Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 75 Número 6




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Delírio de parasitose (acarofobia): relato de caso em São Paulo (Brasil)

Delusions of parasitosis (acarophobia): case report in São Paulo (Brazil)


CARLOS EDUARDO LARSSON1, MARY OTSUKA1, ANA CLAUDIA BALDA2

1DVM, Professor; Chefe do Serviço de Dermatologia, Departamento de Clínica Médica.
2DVM, “Staff”, Hospital Veterinário.

Recebido em 03.01.2000. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 21.7.2000. Trabalho realizado na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - USP.

Correspondência:
Carlos Eduardo Larsson Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87 Cid. Univ. Armando de Salles Oliveira São Paulo SP 05508-000 Tel: (11) 818-7944 ramal 276 Fax: (11) 818-7944 ramal 283 "E-mail":borges@usp.br

 

Resumo

O delírio de parasitose se constitui em dermatofobia, de prevalência estimada, nos EUA, como na ordem de três mil casos por ano. Descreve-se caso atendido no Serviço de Dermatologia da FMVZ - USP, envolvendo proprietária de dois cães da raça Husky Siberiano adultos, clinicamente hígidos, embora, segundo a proprietária, haviam supostamente transmitido a ela enfermidade parasitária. Apresentava lesões auto-induzidas de escoriações e discromia em regiões cervical e lombar. Portava consigo várias caixas de papelão contendo fragmentos epidérmicos avulsionados (“bichinhos ainda vivos”). Após o reencaminhamento da proprietária ao dermatologista, com laudo caracterizando a higidez dos cães, foi a ela indicado tratamento psiquiátrico com pimozida, que resultou melhora progressiva da dermatocompulsão.

Palavras-chave: DOENÇAS PARASITÁRIAS., CÚSPIDE, DELÍRIO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações