Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

28

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

28

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 3




Voltar ao sumário

 

Dermatopatologia

Diagnóstico histopatológico de lesões melanocíticas pequenas suspeitas de melanoma*

Histopathological diagnosis of small melanocytic lesions suspicious for malignant melanoma*


Danielle Carvalho Quintella1; Gabriella Campos-do-Carmo2; Leonardo Pereira Quintella3; Tullia Cuzzi1

1. Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil
2. Serviço de Dermatologia do Instituto Nacional do Câncer (Inca) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil
3. Serviço de Anatomia Patológica do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil

Recebido em 22.09.2015
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 01.04.2016
Suporte financeiro: Nenhum
Conflito de interesse: Nenhum
Como citar este artigo: Quintella DC, Campos-do-Carmo G, Quintella LP, Cuzzi T. Diagnóstico histopatológico de lesões melanocíticas pequenas suspeitas de melanoma. An Bras Dermatol. 2017;92(3):383-7.

Correspondência:

Danielle Carvalho Quintella
Rua Professor Rodolpho Paulo Rocco, 255 - subsolo
Cidade Universitária
21941-913 Ilha do Fundão, RJ - Brazil
E-mail: dani.ufrj2001@gmail.com

 

Resumo

A preocupação com neoplasias malignas cutâneas leva à excisão de lesões progressivamente menores. Este estudo sobre lesões melanocíticas pequenas tem como objetivo determinar os possíveis diagnósticos histopatológicos, descrever os aspectos histopatológicos e avaliar a utilização de cortes histológicos seriados. Foi realizado um estudo transversal descritivo. Setenta e seis lesões cutâneas pigmentadas com até 6 mm de diâmetro foram examinadas. Os diagnósticos histopatológicos encontrados foram nevo melanocítico atípico (n = 38), nevo melanocítico comum (n = 18), hiperplasia melanocítica lentiginosa atípica com características arquiteturais de nevo melanocítico atípico (n = 7), lentigo simples (n = 2) e melanoma (n = 1). Dez casos não tiveram diagnóstico conclusivo. Atipia citológica não foi um achado exclusivo das lesões atípicas. A análise dos cortes seriados não alterou a impressão histopatológica. A detecção precoce do melanoma é importante, mas o exame clínico-dermatoscópico pode estar levando à ressecção um grande número de lesões benignas. Atenção aos critérios histopatológicos resulta em um número de casos sem diagnóstico conclusivo.

Palavras-chave: Diagnóstico; Melanoma; Nevos e melanomas; Patologia

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações