Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

39

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

39

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 3




Voltar ao sumário

 

Dermatopatologia

Corpos de Kamino pigmentados: um achado histológico pouco conhecido. Prevalência em 19 casos de nevo de Reed*

Pigmented Kamino bodies: a little-known histological finding. Prevalence in 19 cases of Reed nevus*


Ana Caroline Barreto Antunes1; Aline Caixeta Guimarães Véspoli1; Paula Silva Ferreira1; Neusa Yuriko Sakai Valente2,3

1. Departamento de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil
2. Laboratório de Investigação Médica em Micologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (LIM 53, FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil
3. Laboratório de Dermatopatologia da Divisão de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil

Recebido em 04.05.2016
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 17.08.2016
Suporte financeiro: Nenhum.
Conflito de interesse: Nenhum
Como citar este artigo: Antunes ACB, Véspoli ACG, Ferreira PS, Valente NYS. Corpos de Kamino pigmentados: um achado histológico pouco conhecido. Prevalência em 19 casos de nevo de Reed. An Bras Dermatol. 2017;92(3):388-91.

Correspondência:

Aline Caixeta Guimarães Véspoli
Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 255, 3.º andar
Cerqueira César 05403-900 - São Paulo - SP Brazil
E-mail: linecg@gmail.com

 

Resumo

O objetivo principal do trabalho é demonstrar a prevalência de corpos de Kamino no nevo de Reed, uma vez que os estudos até o momento mostram dados discrepantes em relação a esse tema. Trata-se de estudo retrospectivo observacional, no qual foi realizada revisão histopatológica de 19 lesões de nevo de Reed. As lâminas foram coradas por hematoxilina e eosina e ácido periódico-Schiff com foco especial na identificação dos corpos de Kamino. Alguns dados clínicos também foram coletados. A mediana de idade ao diagnóstico foi de 12 anos (2–58). A relação mulher:homem foi de 5:4. As lesões se localizaram em diferentes partes do corpo. Foram encontrados corpos de Kamino em 11 lesões (57,89%). Cinco (26,31%) apresentaram corpos de Kamino pigmentados, quatro (21,05%) apresentaram corpos de Kamino não pigmentados e duas (10,52%) apresentaram ambos. Corpos de Kamino, pigmentados ou não, são um achado histológico frequente no nevo de Reed e podem ser um marcador na diferenciação com melanoma maligno.

Palavras-chave: Histologia; Nevo de células epitelioides e fusiformes; Nevo pigmentado

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações