Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 4




Voltar ao sumário

 

Investigação

A relação entre prurido e variáveis clínicas em pacientes com psoríase*

The relationship between pruritus and clinical variables in patients with psoriasis*


Anil Gulsel Bahali1; Nahide Onsun1; Ozlem Su1; Dilek Biyik Ozkaya1; Didem Dizman2; Bugce Topukcu3; Omer Uysal4

1. Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Bezmialem Vakif – Istambul, Turquia
2. Departamento de Dermatologia do Hospital Estadual de Ardahan – Ardahan, Turquia
3. Departamento de Dermatologia do Hospital Medistate – Istambul, Turquia
4. Departamento de Bioestatística da Faculdade de Medicina da Universidade de Bezmialem Vakif – Istambul, Turquia

Recebido em 18.11.2015.
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 12.06.2016.
Suporte Financeiro: Nenhum.
Conflito de Interesses: Nenhum.
Como citar este artigo: Bahali AG, Onsun N, Su O, Ozkaya DB, Dizman D, Topukcu B, Uysal O. A relação entre prurido e variáveis clínicas em pacientes com psoríase. An Bras Dermtatol. 2017;92(4):470-4

Correspondência:

Anil Gulsel Bahali
Department of Dermatology
Medical Faculty
Bezmialem Vakif University
34093 - Fatih Istanbul, Turkey
Email: anilirli@yahoo.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS: O prurido é o sintoma subjetivo mais frequente em doença dermatológica. São limitados os dados publicados sobre a predisposição e a intensidade do prurido na psoríase.
OBJETIVO: Neste estudo, objetivou-se investigar a prevalência de prurido e sua relação com o índice de gravidade por área de psoríase, o índice de massa corporal e a presença de doença sistêmica em pacientes com psoríase.
MÉTODOS: Foram analisados dados de pacientes psoriáticos diagnosticados em ambulatório de psoríase entre março de 2013 e junho de 2014, coletados retrospectivamente a partir do sistema de registro do PSR-TR.
RESULTADOS: Foram analisados 880 pacientes no total. O prurido foi prevalente em pacientes do sexo feminino. Essa diferença foi estatisticamente significativa. Não foram encontradas associações significativas entre idade dos pacientes, tipo clínico da doença e prurido. O prurido foi mais comum em pacientes com maior índice de massa corporal. A presença de prurido foi correlacionada significativamente com a gravidade da psoríase. Não apresentavam doença sistêmica 560 de 880 pacientes. A presença de prurido não foi relacionada à presença de doença sistêmica. A existência de doença sistêmica com psoríase tem efeito mínimo sobre o prurido.
LIMITAÇÕES DO ESTUDO: Não foi avaliada a intensidade do prurido.
CONCLUSÕES: O prurido não é mencionado entre os sintomas clássicos da psoríase. O prurido na psoríase é um sintoma muito desagradável, com grande potencial para afetar a qualidade de vida do paciente e pode exacerbar a psoríase como fenômeno de Koebner.

Palavras-chave: Pacientes; Psoríase; Prurido

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações