Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 5




Voltar ao sumário

 

Investigação

Diagnóstico final de 86 casos incluídos no diagnóstico diferencial da leishmaniose tegumentar americana em uma casuística brasileira: um estudo transversal retrospectivo*

Final diagnosis of 86 cases included in differential diagnosis of American tegumentary leishmaniasis in a Brazilian sample: a retrospective cross-sectional study*


Fernanda Tirelli1; Sebastian Vernal2; Ana Maria Roselino1

1. Divisão de Dermatologia do Departamento de Clínica Médica – Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP) – Ribeirão Preto (SP), Brasil
2. Área de Clínica Médica – Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP) – Ribeirão Preto (SP), Brasil

Recebido em 14.03.2016
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 29.07.2016
Suporte Financeiro: O primeiro autor recebeu bolsa PIBIC do CNPq (Conselho Nacional de Pesquisa) e o segundo autor recebeu bolsa de estudos da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). O manuscrito foi parcialmente apoiado pela FAEPA (Fundação de Amparo ao Ensino, Pesquisa e Assistência)
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Tirelli F, Vernal S, Roselino AM. Diagnóstico final de 86 casos incluídos no diagnóstico diferencial da leishmaniose tegumentar americana em uma casuística brasileira: um estudo transversal retrospectivo. An Bras Dermatol. 2017;92(5):643-9.

Correspondência:

Ana Maria Roselino
Divisão de Dermatologia
Hospital das Clínicas, FMRP-USP
Avenida Bandeirantes, 3900
14049-900 - Ribeirão Preto, SP - Brasil
E-mail: amfrosel@fmrp.usp.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: Leishmaniose cutânea é uma dermatozoonose distribuída por todo o mundo, inclusive no Brasil. Suas várias formas clínicas necessitam ser distinguidas de outras dermatoses. Similaridades clínicas e falta de um método diagnóstico padrão-ouro tornam lesões “leishmaniose-símiles” um desafio diagnóstico.
OBJETIVOS: Relatar o diagnóstico final de pacientes incluídos no diagnóstico diferencial com leishmaniose tegumentar americana (LTA).
MÉTODOS: Um estudo transversal retrospectivo foi conduzido por meio da análise de prontuários médicos de 437 pacientes com suspeita clínica de LTA, registrados em sistema eletrônico hospitalar entre 1980 e 2013. Dados demográficos, clínicos e laboratoriais foram compilados.
RESULTADOS: A análise de 86 casos (19,7%) registrados como LTA em uma das hipóteses clínicas revelou diagnóstico final diferente; 55 (63,9%) e 31 casos (36,1%) apresentaram lesões na pele e mucosas, respectivamente. Em 58 casos (67,4%), foi solicitado o exame de reação em cadeia da polimerase (PCR), que não identificou Leishmania sp. Em 28 casos (32,5%), a biópsia foi responsável por estabelecer o diagnóstico e confirmou tumores, micobacterioses e micoses subcutânea ou sistêmica. No geral, 27% dos casos tinham etiologia inflamatória, principalmente processo inflamatório nasal inespecífico; 27% tinham etiologia infecciosa, especialmente paracoccidioidomicose e hanseníase; 20% tinham etiologia neoplásica, especialmente carcinomas basocelular e espinocelular; 15% revelaram-se de etiologia variada, incluindo úlcera neuropática, úlceras traumáticas e úlcera idiopática; 11% perderam seguimento.
LIMITAÇÕES DO ESTUDO: Parcela dos casos ficou sem diagnóstico final pela perda de seguimento.
CONCLUSÃO: LTA pode ser confundida com diversos diagnósticos diferenciais, especialmente com doenças inflamatórias e granulomatosas infecciosas, bem como com câncer da pele não melanoma. Médicos que trabalham em áreas tropicais devem estar atentos para os principais diagnósticos diferenciais de lesões que se assemelham à LTA.

Palavras-chave: Diagnóstico diferencial; Hanseníase; Neoplasias cutâneas; Leishmaniose; Micoses; Paracoccidioidomicose

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações