Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 5




Voltar ao sumário

 

Relato de Caso

Linfoma cutâneo primário centrofolicular*

Primary cutaneous follicle center lymphoma*


Eline Pinheiro Weba Costa1; Bethänia Dias de Lucena1; Gabriela Athayde Amin2; Maraya de Jesus Semblano Bittencourt1; Leonidas Braga Dias Junior1; Carla Andréa Avelar Pires1,3

1. Departamento de Dermatologia da Universidade do Estado do Pará (UEPA) – Belém (PA), Brasil
2. Programa de Mestrado Profissional em Saúde na Amazônia - Centro de Ensino Superior do Pará (Cesupa) – Belém (PA), Brasil
3. Departamento de Dermatologia da Universidade Federal do Pará (UFPA) – Belém (PA), Brasil

Recebido em 02.12.2015
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 07.03.2016
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Weba EP, de Lucena BD, Amin GA, Dias Jr LB, Pires CAA. Linfoma cutâneo primário centrofolicular. An Bras Dermatol. 2017;92(5):703-5.

Correspondência:

Eline Pinheiro Weba Costa
Rua Perebebuí, 2623 Marco
66095-662 Belém, PA - Brasil
E-mail: elineweba@gmail.com

 

Resumo

Os linfomas cutâneos são classificados, de acordo com sua origem celular, em linfoma de células T e linfoma de células B. Sua frequência média é de 0,3/100.000 habitantes/ano. Relatamos um caso de um paciente masculino, 56 anos, que, há dois meses, apresentava nódulos de variados tamanhos, alguns ulcerados, em face, abdome e membros superiores. O diagnóstico de linfoma cutâneo primário centrofolicular foi confirmado pelo histopatológico e estudo imuno-histoquímico. Na última década, estudos comprovam aumento da incidência de linfomas não-Hodgkin. Reportamos esse caso pois achamos de fundamental importância a publicação de casos não muito frequentes para a comunidade científica, para que esse diagnóstico seja lembrado entre os diagnósticos diferenciais de pacientes com nódulos e pápulas cutâneas.

Palavras-chave: Linfoma; Neoplasias cutâneas; Pele

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações