Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 5




Voltar ao sumário

 

Relato de Caso

Melanoma amelanótico cutâneo primário e tumor estromal gastrointestinal de evolução síncrona*

Primary cutaneous amelanotic melanoma and gastrointestinal stromal tumor in synchronous evolution*


Fernanda Teixeira Ortega1; Rogério Nabor Kondo2; Francine Milenkovich Belinetti3; Mariana Onuki Okamura3; Bruna Tuma2

1. Clínica privada – Cascavel (PR), Brasil
2. Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná (HURNP) – Universidade Estadual de Londrina (UEL) – Londrina (PR), Brasil
3. Clínica privada– Londrina (PR), Brasil

Recebido em 02.03.2015
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 27.03.2015
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Ortega FT, Kondo RN, Belinetti FM, Okamura MO, Tuma B. Melanoma amelanótico cutâneo primário e tumor estromal gastrointestinal de evolução síncrona. An Bras Dermatol. 2017;92(5):709-12.

Correspondência:

Rogério Nabor Kondo
Av. Ayrton Senna da Silva, 1055 – sala 1205
Gleba Palhano 86050-460 Londrina, PR Brasil
Email: kondo.dermato@gmail.com

 

Resumo

Tumor estromal gastrointestinal é uma rara neoplasia mesenquimal do trato digestivo, mais frequentemente observada na parede do estômago. É uma neoplasia benigna, mas que pode tornar-se maligna se não for tratada. Relatamos um caso de tumor estromal gastrointestinal descoberto após ultrassonografia abdominal durante estadiamento de um paciente com melanoma amelanótico cutâneo primário. Mutações no receptor da tirosina quinase poderiam explicar o desenvolvimento dos dois tipos de tumores no mesmo paciente.

Palavras-chave: Melanoma; Receptores proteína tirosina quinases; Tumores do estroma gastrointestinal

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações