Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 5




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Exposição ao níquel por chaves: um problema brasileiro*

Nickel exposure from keys: a Brazilian issue*


Nathalie Mie Suzuki1; Ida Alzira Gomes Duarte1,2; Mariana de Figueiredo Silva Hafner1; Rosana Lazzarini1,2

1. Clínica de Dermatologia da Santa Casa de São Paulo – São Paulo (SP), Brasil
2. Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) – São Paulo (SP), Brasil

Recebido em 02.03.2016
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 06.07.2016
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Suzuki NM, Duarte IAG, Hafner M, Lazzarini R. Exposição ao níquel por chaves: um problema brasileiro. An Bras Dermatol. 2017;92(5):736-7.

Correspondência:

Nathalie Mie Suzuki
R. Cesário Mota Júnior, 112 Vila Buarque
01221-020 São Paulo, SP - Brasil
Email: nathalie.suzuki@gmail.com

 

Resumo

As chaves são fonte importante de exposição a metais e podem ser um problema para indivíduos sensibilizados ao níquel. Neste estudo, testamos as quatro principais marcas de chaves brasileiras com nickel e cobalt spot test. Dentre as chaves testadas, 100% apresentaram teste positivo para níquel, 83,3% com reação fortemente positiva. Para liberação de cobalto, 50% também apresentaram positividade. A liberação de níquel por chaves é comum em nosso país e pode causar impacto negativo na qualidade de vida de indivíduos sensibilizados. Os resultados de nosso estudo ressaltam a importância de se estabelecerem regras para liberação de níquel no Brasil.

Palavras-chave: Cobalto; Dermatite alérgica de contato; Metais; Níquel

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações