Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

36

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

36

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 5 S1




Voltar ao sumário

 

Relato de Caso

Glomangioma congênito em placas: relato de dois casos*

Congenital plaque-like glomangioma: report of two cases*


Nivea Godinho Alves de Souza1; Gisele Alborghetti Nai2; Gláucia Ferreira Wedy1; Marilda Aparecida Milanez Morgado de Abreu3,4

1. Programa de Pós-graduação em Dermatologia do Hospital Regional de Presidente Prudente - Universidade do Oeste Paulista (HRPP- Unoeste) – Presidente Prudente (SP), Brasil
2. Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) – Presidente Prudente (SP), Brasil
3. Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) – Presidente Prudente (SP), Brasil
4. Serviço de Dermatologia do Hospital Regional de Presidente Prudente “Dr. Domingos Leonardo Cerávolo” (HRPP) – Presidente Prudente (SP), Brasil

Trabalho submetido em 06.03.2016
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 17.08.2016
Suporte financeiro: nenhum
Conflitos de interesses: nenhum
Como citar este artigo: Souza NGA, Wedy GF, Nai GA, Morgado de Abreu MAM. Glomangioma congênito em placas: relato de dois casos. An Bras Dermatol. 2017;92(5 Supl 1):52-5.

Correspondência:

Nivea Godinho Alves de Souza
R. José Bongiovani, 1297 Vila Liberdade
19050-680 - Presidente Prudente, SP Brasil
E-mail: nivea60@hotmail.com

 

Resumo

Tumores glômicos são hamartomas raros originados dos corpos glômicos. Podem ser divididos em solitários ou múltiplos, estes últimos denominados glomangiomas. Reportamos o caso de duas pacientes com uma variedade rara de glomangioma: o congênito em placas. Apresenta-se como numerosas pápulas compressíveis, vermelhas a azuladas, que sofrem aumento de tamanho com o crescimento pôndero-estatural. A confirmação diagnóstica é feita por exame anatomopatológico, e o tratamento é cirúrgico.

Palavras-chave: Anormalidades congênitas; Hamartoma; Tumor glômico

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações