Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

36

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

36

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 5 S1




Voltar ao sumário

 

Relato de Caso

A importância da imunofluorescência direta no diagnóstico do pênfigo*

The importance of direct immunofluorescence in pemphigus herpetiformis diagnosis*


Paula Carolina Pessanha de Faria1; Camila Caberlon Cruz2; Luna Azulay Abulafia1,2; Juan Manuel Pineiro Maceira3; Flávia de Freire Cassia2; Paula Mota Medeiros4

1. Ambulatório de Dermatologia do Serviço de Dermatologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil
2. Ambulatório de Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de janeiro – Rio De Janeiro (RJ), Brasil
3. Ambulatório de Lesões Pigmentadas do Serviço de Dermatologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil
4. Ambulatório de Dermatologia do Hospital do Açúcar de Alagoas do Centro Universitário Tiradentes, Maceió, Alagoas (AL), Brasil

Trabalho submetido em 26.02.2015
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 16.05.2016
Suporte Financeiro: Nenhum.
Conflito de Interesses: Nenhum.
Como citar este artigo: Faria PCP, Oliveira CCC, Azulay-Abulafia L, Maceira JMP, Cassia FF, Medeiros PM. Aimportância da imunofluorescência direta no diagnóstico do pênfigo herpetiforme. An Bras Dermatol. 2017;92(5 Supl 1):8-10.

Correspondência:

Paula Carolina Pessanha de Faria
Boulevard 28 de setembro, 77- 2º andar Vila Isabel
Rio de Janeiro, RJ Brasil
E-mail: paulafaria@gmail.com

 

Resumo

Pênfigo herpetiforme é uma bulose autoimune que combina características clínicas de dermatite herpetiforme e dermatose bolhosa por IgA linear e características imunológicas dos pênfigos, o que torna esta doença peculiar, assim como faz com que este diagnóstico raramente seja proposto na primeira avaliação do paciente. O caso relatado é de paciente com clínica de bulose semelhante à dermatite herpetiforme, que foi submetida a inúmeras biópsias inconclusivas e que somente após a imunofluorescência direta própria de pênfigo (padrão intercelular intraepidérmico) foi possível a confirmação diagnóstica.

Palavras-chave: Dermatopatias vesiculobolhosas; Pênfigo; Técnica direta de fluorescência para anticorpo

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações