Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

36

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

36

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 5 S1




Voltar ao sumário

 

Relato de Caso

Leiomiossarcoma periorbital tratado com cirurgia convencional e retalho miocutâneo frontal*

Periorbital leiomyosarcoma treated by means of conventional surgery and frontal myocutaneous flap*


Priscilla Kelly Soares Torres Brito1,3; Victor Miguel Coutinho Fernandes2; Humberto David Menezes de Siqueira Brito1; Mohamed Arbaqui Azzouz3; Anélia Carneiro Souza3; Klécius Leite Fernandes1,4

1. Serviço de Oncologia do Hospital São Vicente de Paulo – João Pessoa (PB), Brasil
2. Ambulatório de Cirurgia Dermatológica do Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB) – João Pessoa (PB), Brasil
3. Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB) – João Pessoa (PB), Brasil
4. Departamento de Cirurgia de Cabeça e Pescoço da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) – João Pessoa (PB), Brasil

Trabalho submetido em 31.07.2015
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 18.04.2016
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Brito PKST, Fernandes VMC, Brito HDMS, Azzouz MA, Souza AC, Fernandes KL. Leiomiossarcoma periorbital tratado com cirurgia convencional e retalho miocutâneo frontal. An Bras Dermatol. 2017;92(5 Supl 1):65-7.

Correspondência:

Priscilla Kelly Soares Torres Brito
Campus I, s/n Cidade Universitária
58050-000 - João Pessoa, PB Brasil
E-mail: priscillakelly_torres@yahoo.com.br

 

Resumo

O leiomiossarcoma cutâneo é neoplasia rara, e sua localização periorbital, pouco frequente. Relatamos o caso de um paciente do sexo masculino que foi submetido a tratamento cirúrgico com reconstrução por meio de retalho miocutâneo de músculo frontal. O paciente encontra-se em seguimento há um ano, com adequado controle oncológico e bom resultado estético.

Palavras-chave: Leiomiossarcoma; Neoplasias cutâneas; Retalhos cirúrgicos; Sarcoma

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações